Rafflesia arnoldii

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaRafflesia arnoldii
Espécime de Rafflesia (Jardim Botânico de Kyoto)

Espécime de Rafflesia (Jardim Botânico de Kyoto)
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Malpighiales
Família: Rafflesiaceae
Género: Rafflesia
R.Br.
Nome binomial
Rafflesia arnoldii
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Rafflesia arnoldii

Rafflesia arnoldii é uma planta membro do gênero Rafflesia, nativa das ilhas de Sumatra e Bornéu, na Indonésia, famosa por produzir a maior flor do mundo, que pode atingir 106 cm de diâmetro e pesar até 11 kg.[1]

Rafflesia arnoldii, flor com 80 cm

É popularmente conhecida como "flor-monstro", devido ao seu tamanho.

O vegetal é um parasita que sobrevive sugando nutrientes das raízes de uma árvore chamada Tetrastigma. Portanto, não possui folhas, caule, raiz, e nem realiza fotossíntese. Exala um odor semelhante a de carne podre, que atrai moscas, sendo este o inseto responsável por sua polinização.

Seu nome científico é uma homenagem a Stamford Raffles e Joseph Arnold, que descobriram a flor em 1818.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1] Revista Mundo Estranho