Raining Blood

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Raining Blood"
Canção de Slayer
do álbum Reign in Blood
Lançamento 7 de outubro de 1986
Gravação 1986 em Los Angeles, California
Gênero(s) Thrash metal
Duração 4:17
Gravadora(s) Def Jam
Letrista(s) Jeff Hanneman, Kerry King
Composição Jeff Hanneman
Produção Rick Rubin, Slayer

"Raining Blood" é uma canção da banda americana de thrash metal Slayer. Foi escrita por Jeff Hanneman e Kerry King para o álbum de estúdio Reign in Blood sobre religião, especificamente a ser dito sobre a derrubar o céu. Originalmente foi lançado para o álbum Reign in Blood em 7 de outubro de 1986, e posteriormente, no final daquele ano foi lançada como Single.

É uma das canções mais curtas do álbum, contendo apenas três minutos (fora os interlúdios), totalizando quatro minutos e desessete segundos. A música termina ao som de efeitos sonoros de chuva, o que seria uma "chuva de sangue". É descrito como um "clássico" segundo o site All Music[1] , também como uma das canções mais populares do Slayer. Além de estar constantemente em suas performances ao vivo, King e Hanneman dizem ser sua canção favorita.

Devido a um erro na masterização do álbum, a faixa começa com o final da música "Postmortem". Na verdade, "Raining Blood" apenas inicia a partir de 0:42 de música, ao som do trovão.

Composição e Escrita[editar | editar código-fonte]

Raining Blood foi escrita por Jeff Hanneman e Kerry King[2] . D. X. Ferris disse que Hanneman quando escreveu a canção: "Imaginei uma cena de uma rua escura ou fim de rua sangrenta", e depois passou a dizer que a canção foi escrita "como uma alma banida que despertou com fome de vingança."

O segundo verso foi escrito por King, levando o título de Hanneman numa nova direção [3] . O som foi composto ao longo de 1986, em Los Angeles, Califórnia com a produção de Rick Rubin [4] [5] .

Hanneman explicou "É sobre um cara que está em no Purgatório e ele foi expulso do Céu. Ele está esperando por vingança e quer foder daquele lugar para cima.". King explicou mais tarde que: "o resto da canção explica o que acontece quando ele começa a 'foder' as pessoas". Nas palavras: "Return to power draws near", King quer dizer: "Que ele está esperando para começar novamente, porém forte o suficiente para derrubar o céu.". E em: "Fall into me, the sky's crimson tears'", King acrescenta: "É o sangue de todo mundo que flui dele.". Então, basicamente, "Raining Blood" significa todo o sangue dos anjos caindo sobre ele."[6] .

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Ouça agora[editar | editar código-fonte]

Ouça trecho da música "Raining Blood"

Problemas para escutar este arquivo? Veja introdução à mídia.

Referências

  1. Erik Hinds do About.com - "said that the piece has unexpectedly become a ballad".
  2. Créditos do álbum {{{título}}}.
  3. Ferris 2008, p. 78–79
  4. An exclusive oral history of Slayer. Decibel Magazine. Página visitada em 2010-07-15. Cópia arquivada em 2006-08-13.
  5. Ferris 2008, p. 68
  6. Ferris 2008, p. 139
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.