Raio luminoso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
As linhas retilíneas representam os raios luminosos que se refletem e refratam na fina película de uma bolha de sabão.
Raios luminosos que se encontram com uma superfície rugosa, dispersando-se em todas as direções.

O raio luminoso ou raio de luz é a linha imaginária que representa a direção pela qual a luz se propaga.

A utilização deste modelo, amplamente divulgado em óptica geométrica, simplifica os cálculos devido ao princípio da propagação em linha reta da luz em meios homogêneos e isótropos, como o são o ar e a água.

Em óptica ondulatória, o raio luminoso é a trajetória que teoricamente percorre a energia luminosa. Na teoria corpuscular da luz, o raio luminoso representa a trajetória dos fótons/fotões, perdendo todo significado quando os efeitos da mecânica quântica começam a se apresentar.

O conceito de raio luminoso perde sua utilidade quando os fenômenos de difração começam a tomar um papel relevante; por exemplo, quando um facho de luz passa através de uma abertura de largura comparável ao comprimento de onda do próprio facho.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Enciclopédia Microsoft Encarta Online 2009. Rayo luminoso. Página visitada em 14 de outubro de 1999.
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.