Rali da Argentina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde março de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Petter Solberg no rali em 2006.

Rali da Argentina é uma das etapas do Campeonato Mundial de Rali (WRC).

É atualmente o único rali da América do Sul presente no WRC, decorre em Calamuchita perto de Villa Carlos Paz, na província de Córdoba, típico pelas estradas de terra atravessadas por riachos.

História[editar | editar código-fonte]

O rali teve a sua estreia em 1980, na província de Tucumán e foi organizado pelo Automovil Club Argentino. Os vencedores da primeira edição foram Walter Röhrl e Christian Geistdorfer ao volante de um Fiat 131 Abarth.

Em 1981 o rali voltou a Tucumán, mas em 1982 não se realizou. Em 1983 o rali mudou-se para San Carlos de Bariloche, mas em 1984 mudou-se para a província de Córdoba, onde se realiza até à data presente.

Para atrair mais espectadores, em 2007 uma das seções do rali decorreu em Buenos Aires no estádio de futebol do River Plate, e outra seção decorreu no Estádio Chateau Carreras na cidade de Córdoba.

Vencedores desde 1980[editar | editar código-fonte]

Marcus Grönholm e Sébastien Loeb em um super-especial.

'#: Edições que não integraram o WRC

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons

Ligações externas[editar | editar código-fonte]