Ramfis Trujillo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Rafael Leónidas Trujillo Martínez (5 de junho de 1929  — Madrid, 27 de dezembro de 1969) foi um militar (tenente-general) da República Dominicana.

Filho de Rafael Leónidas Trujillo, Rafael Trujillo, assim como seu amigo (e por um tempo cunhado), Porfirio Rubirosa, era considerado por muitos como um playboy irresponsável e mimado, porém também é lembrado por sua brutalidade e crueldade. Ele assumiu o controle da República Dominicana em 30 de maio de 1961, depois que seu pai foi assassinado.[1] Entretanto, ele ficou menos de um ano no poder, sendo forçado ao exílio ainda em 1961. Morreu oito anos depois, na Espanha.[2]

Referências

  1. Ramfis in Power – TIME Magazine
  2. "La Fiesta del Chivo", novela de Mario Vargas Llosa. 2000 es:La Fiesta del Chivo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]