Rana Hussein

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Rana Saddam Hussein (língua árabe رنا صدام حسين, nascida em 1969[1] ) é a segunda filha mais velha do antigo presidente do Iraque, Saddam Hussein e sua primeira esposa, Sajida Talfah. Sua irmã mais velha é Raghad Hussein e sua irmã mais nova é Hala Hussein.

Em 1986, casou-se com Saddam Kamel al-Majid, irmão de Hussein Kamel al-Majid, o marido de sua irmã mais velha Raghad, a quem ela deu à luz quatro filhos. Ela acompanhou o marido até a Jordânia em 1995, onde viveu desde 8 de agosto daquele ano a 20 de fevereiro de 1996. Eles voltaram ao Iraque depois de receber garantias de Saddam Hussein que Kamel e seu irmão Hussein Kamel seriam perdoados. Apesar desta promessa, antes do final do mês os dois Kamels foram baleados e mortos por outros membros do clã que declarou-os traidores.

Em 1997, o seu irmão Uday Hussein pôs Rana e sua irmã Raghad sob prisão domiciliar por estarem envolvidas em um complô para assassiná-lo.

Em 31 de julho de 2003, ela voltou para a Jordânia, onde o Rei Abdullah, concedeu-lhe asilo a família.[2]

Rana é mãe de três filhos, Ahmad, Saad e Hussein, e uma filha chamada Nabea.

Referências