Raposa-do-ártico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaRaposa-do-ártico
Alopex lagopus

Alopex lagopus
Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Canidae
Género: Alopex
Espécie: Alopex lagopus
Nome binomial
Alopex lagopus
(Linnaeus, 1758)
Distribuição geográfica
Azul = territorio da Raposa-do-ártico
Azul = territorio da Raposa-do-ártico
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Raposa-do-ártico

A raposa-do-ártico (AO 1945: raposa-do-árctico; Alopex lagopus), também conhecida por raposa-polar, é uma raposa de pequenas dimensões habitante do Hemisfério Norte. Embora alguns classificadores as relacionem ao gênero Vulpes, este animal é considerado atualmente como o único membro do gênero Alopex.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Mede de 50 cm a 1 metro de comprimento e possui 28 cm de altura até os ombros. Pesa de 2,5 a 7 kg. Vive de 3 a 10 anos e atinge a maturidade aos 10 meses.

A pelagem da raposa varia conforme a estação do ano, branca no inverno e castanho-parda no verão. A camada de pelo externo da raposa cobre uma densa e espessa camada de pelo inferior. Tem pequenas orelhas revestidas de pelo que ajudam a reter o calor. As patas são relativamente grandes para evitar que o animal afunde na neve fofa e têm pelo lanudo nas patas que funciona como isolante e antiderrapante. A cauda é pequena, espessa e densa, com até 30 cm de comprimento.[1]

Comportamento[editar | editar código-fonte]

As raposas do Ártico correm grandes distâncias, algumas de mais 2.300km, todos os anos em busca de comida. Acasalam com o mesmo par durante toda a vida. Quando estão procriando, partilham o território com outros casais, geralmente construindo a toca em uma zona abrigada e sem gelo ou entre pedras. Essas tocas são construções complexas, chegando a possuir 250 entradas. Algumas têm sido utilizadas continuamente ao longo da mais de 300 anos. A raposa usa a toca como esconderijo contra o mau tempo, despensa para armazenar sobras de comida, abrigo para as crias ou para se refugiar de predadores. Entretanto, não hibernam nessas tocas. Quando o tempo está muito ruim, escava uma cova na neve, enrosca-se e enrola a cauda à volta dos pés e pernas para se aquecer.

É um animal onívoro (aquele que come de plantas e animais)

Alimentação[editar | editar código-fonte]

As raposas do ártico caçam lemingues, ratos e outros pequenos mamíferos. Também apanham caranguejos e peixes na costa, bem como aves marinhas e seus ovos. A carne putrefata é uma parte importante da sua dieta; elas seguem os ursos polares para se banquetearem com os restos das suas matanças de focas. As raposas do ártico também comem bagas. Em épocas de fartura, armazenam as sobras de carne em suas tocas, alinhando ordenadamente aves sem cabeça ou cadáveres de mamíferos. Essas reservas são consumidas nos meses de inverno.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

No início do verão, um casal de raposas do ártico produz uma ninhada de em média seis a dez crias. O período de gestação da raposa do ártico dura 50 dias. Os progenitores e, ocasionalmente, outras fêmeas ajudantes tratam das crias. Elas são desmamadas com cerca de 9 semanas e deixam a toca com 15 semanas. Durante sua permanência no ninho, as crias e os seus progenitores comem cerca de 4 mil lemingues, sua presa favorita.

O número de raposas do ártico depende da disponibilidade de alimento e varia conforme o número de suas presas.

Habitat[editar | editar código-fonte]

A raposa-do-ártico vive no norte da Europa, da Ásia e da América, na Groenlândia e na Islândia. Encontrada principalmente na tundra ártica e alpina, e também próximo ao litoral. =[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. inserir fonte aqui
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Raposa-do-ártico

A locomoção da  raposa do ártico é a corrida. Ela para apanhar as suas presas tem de correr.

Ícone de esboço Este artigo sobre carnívoros, integrado no Projeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.