Ratzeburg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ratzeburg
Rz insel.jpg
Brasão Mapa
Brasão de Ratzeburg
Ratzeburg está localizado em: Alemanha
Ratzeburg
Mapa da Alemanha, posição de Ratzeburg acentuada
Administração
País  Alemanha
Estado Schleswig-Holstein
Distrito Lauenburg
Prefeito Rainer Voß
Partido no poder parteilos
Estatística
Coordenadas geográficas 53° 42' 06" N 10° 45' 24" E53° 42' 06" N 10° 45' 24" E
Área 30,29 km²
Altitude 36 m
População 13.837 (31/12/2006)
Densidade populacional 456,82 hab./km²
Outras Informações
Placa de veículo RZ
Código postal 23909
Código telefônico 04541
Endereço da prefeitura Unter den Linden 1
23909 Ratzeburg
Website sítio oficial
NUTS DEF06

Ratzeburg é uma cidade da Alemanha localizada no distrito do "Ducado de Lauenburg", estado de Schleswig-Holstein.

Ratzeburg 1590.jpg

A cidade de Ratzeburg é a sede do Amt de Lauenburgische Seen, união administrativa de 25 vilas entre 50 e 3 mil habitantes ao redor de Ratzeburg, porém, não é membro dessa união.[1] [2]

Geografía[editar | editar código-fonte]

WiebekingRZ.jpg

A cidade és cercada por quatro lagos. Por isso é chamado "Inselstadt Ratzeburg" cidade-ilha de Ratzeburg ou cidade ilhea Ratzeburg). Três aterros artificiais ligam a cidade com o continente. Antigamente havia pontes em lugar dos aterros, e os quatro lagoas formaram uma lagoa grande, e as pontes foram sempre cortadas quando um exército inimigo se aproximava à cidade. Existem famosos locais de turismo e de saúde. O ar é muito puro. A cidade faz parte de uma reserva natural chamado "Naturpark Lauenburgische Seen". Ratzeburg faz parte da região metropolitana de Hamburgo. As cidades mais próximas são Mölln, Luebeck e Schwerin. A cidade tem cerca de vinte quilómetros de Luebeck e fica perto da "Alte Salzstrasse" (Antiga estrada de sal), a antiga routa para transportar sal das salinas de Lüneburg para o porto de Luebeck. É atravessada pela estrada que liga Bad Oldesloe e Schwerin. Antes da reunião dos dois Estados alemães, em 1989, ficou muito perto da fronteira entre a RFA e da RDA.

História[editar | editar código-fonte]

A cidade foi fundada no século 11 como Racisburg. O nome vem do “Ratse” que era o apelido do príncipe de Polábios, Ratibor, que em Weldish (a linguagem de Venedi) significa "régua".

RatzeburgDom.jpg

Em 1044 um mosteiro foi construído por missionários cristãos, sob a liderança do abade Ansverus. O mosteiro foi destruído em uma rebelião pagão em 1066, quando todos os monges foram apedrejadas até à morte. Hoje, existem monumentos para o missionário em três igrejas da cidade para comemorar estes acontecimentos. Na catedral de Ratzeburg estão os restos de Ansverus canonizado no 12 º século. O duque Henrique, o Leão tornou-se o governador da cidade em 1143 e estabeleceu um bispado em 1154. Ele também foi responsável pela construção do catedral no románico tardio, construída no Norte típico alemão "vermelho-tijolo». Henrique também tem contribuído para a construção das catedrais no Lübeck, Schwerin e Braunschweig, onde ainda são preservados seus restos mortais. Mais tarde, a cidade se tornou um bispado, cujo bispo governante teve uma votação na Dieta Imperial. O Bispado Católico de Ratzeburg foi o último estado do norte da Alemanha a se converter para o protestantismo. Em 1550 após a morte do seu último soberano príncipe-bispo Georg von Blumenthal, o estado é convertido por Thomas Aderpul, tornando-se evangélica-luterana em 1554. Politicamente o bispado tornou-se parte do ducado Mecklemburgo. Da cidade Ratzeburg só a catedral e os arredores dela faziam parte do Bispado de Ratzeburg, o resto tornou-se parte do Ducado de Saxônia-Lauenburg após a queda do Henrique, o Leão. A cidade foi quase completamente destruída em 1693, quando rei Cristiano V da Dinamarca o reduziu a escombros pelo bombardeio com canhões. Após este evento, foi reconstruída em estilo barroco. Ratzeburg foi brevemente parte da Primeiro Império Francês na guerras Napoleónicas e que foi governada pelo rei da Dinamarca depois do Congresso de Viena. Foi anexado durante a Segunda Guerra de Schleswig pelo Reino da Prússia, na província de Schleswig-Holstein, e tornou-se em 1871 junto com a Prussia e outros estados parte da Alemanha. A catedral tornou-se parte da cidade de Ratzeburg somente em 1937 com a Lei do Grande Hamburgo. De 1945 a 1989, a Cortina de Ferro passou 5 km ao leste da cidade, colocando-na vizinha da Alemanha Oriental. Ratzeburg também é conhecido pelo Clube de Remadores de Ratzeburg, que ganhou já muitas medalhas em jogos olímpicos.

Em um dos cemitérios da cidade se encontra também o túmulo do escultor Ernst Barlach, talvez o mais importante escultor alemão do século 20, que morou em Ratzeburg.

Wd b186.JPG

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ratzeburg