Ray Bolger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ray Bolger
Ray Bolger em 1942
Nome completo Raymond Wallace Bolger
Nascimento 10 de janeiro de 1904
Dorchester, Massachusetts
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americano
Morte 15 de janeiro de 1987 (83 anos)
Los Angeles (California), Estados Unidos
Ocupação Ator
Cônjuge Gwendolyn Rickard (1929 - 1987)
Atividade 1926 - 1985
IMDb: (inglês)

Ray Bolger (10 de janeiro de 1904 - 15 de janeiro de 1987) foi um ator estadunidense.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bolger era filho de pais irlandeses católicos, mas nasceu nos Estados Unidos. Quando jovem assistiu uma apresentação de Vaudeville e a partir dai sentiu vontade de seguer a carreira artística. E lá mesmo iniciou sua carreia como dançarino.

Em 1926 dançou no New York City's Palace Theatre, o mais importante teatro de Vaudeville do país. A partir de 1930, ganhou muitos papéis importantes na Broadway, devido a seu corpo flexível e sua capacidade de movimentação e improvisação.

Como Espantalho no filme The Wizard of Oz (1939), seu mais famoso papel

Em 1936 assinou contrato com a MGM. Lá estrelou, em 1939, seu papel mais conhecido em The Wizard of Oz (1939). Ele havia sido escalado como o homem de lata, Tin Woodsman, mas estava insatisfeito com o papel e conseguiu trocar para o Espantalho.

Logo após terminar o filme, ele mudou de estúdio. Em 1946, gravou um álbum infantil, The Churkendoose. Bolger participou de produções da Disney, teve seu próprio show na TV, além de participações em outros programas e na Broadway. Foi casado por 53 anos (até sua morte) com Gwendolyn Rickard e não teve filhos.

O ator morreu em 1987 de câncer na Bexiga aos 83 anos. Encontra-se sepultado no Cemitério Santa Cruz, Culver City, Condado de Los Angeles, Califórnia nos Estados Unidos.[1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ray Bolger em Stage Door Canteen (1943).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Ray Bolger

Referências