Raion

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Rayon)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Um raion ou rayon (russo e ucraniano: райо́н; azeri: rayon; bielorrusso: раён; georgiano: რაიონი raioni; letão: rajons; lituano: rajonas; romeno e moldavo: raion) é um tipo de subdivisão administrativa do território de alguns países pós-soviéticos. O termo é empregado para designar tanto uma subdivisão administrativa como uma divisão de uma cidade e costuma ser traduzido como "distrito". Mas em Portugal e Brasil o termo corresponde a um município. Como regra, um raion é uma subdivisão de segundo nível.

Na União Soviética[editar | editar código-fonte]

Na União Soviética, os raions eram divisões administrativas criadas nos anos 1920 para reduzir o número de subdivisões territoriais herdadas do Império Russo e para simplificar as suas burocracias. O processo de conversão para o sistema de raions chamava-se raionirovanie ("regionalização") e teve início em 1923, nos Urais, Cáucaso do Norte e Sibéria, como parte de uma reforma administrativa soviética. O processo continuou até 1929, quando a maior parte do país já havia sido dividida em raions.

O conceito de raionirovanie encontrou resistência em algumas repúblicas, como a Ucrânia, onde chefes locais alegaram que o conceito de raions era muito centralizado e ignorava costumes regionais. Este ponto de vista foi apoiado pelo Comissariado Soviético para Nacionalidades, mas o território soviético como um todo terminou sendo dividido conforme o novo sistema.

Os raions soviéticos elegiam um conselho distrital (raysovet) e eram chefiados por um chefe da administração que era eleito ou indicado.

Países pós-soviéticos[editar | editar código-fonte]

Após a dissolução da União Soviética, os raions continuaram a ser usados como divisão administrativa no Azerbaijão, na Bielorrússia, na Geórgia, na Letônia, na Moldávia, na Rússia e na Ucrânia.

Ver também[editar | editar código-fonte]