Efeito adverso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Reação adversa)
Ir para: navegação, pesquisa

Denomina-se efeito adverso, ou reação adversa ao medicamento (RAM), como um efeito diferente e indesejado daquele considerado como principal por um fármaco.1 Ou, segundo definição da Anvisa: "É qualquer resposta a um medicamento que seja prejudicial, não intencional, e que ocorra nas doses normalmente utilizadas em seres humanos para profilaxia, diagnóstico e tratamento de doenças, ou para a modificação de uma função fisiológica."2

Interpretação[editar | editar código-fonte]

Ao se suspeitar de um efeito adverso (efeito colateral indesejado), alguns fatos devem ser considerados.

  • Um efeito adverso de um medicamento é um fato prejudicial que acontece quando um medicamento está sendo usado, devido ao seu uso, e não por coincidência.
  • Algumas situações são mais frequentes quando se usa uma medicação do que quando não se usa.
  • Em uma determinada pessoa o fato prejudicial pode ser devido ao medicamento, a um outro fator qualquer, ou a uma combinação das duas coisas.
  • A possibilidade de um efeito adverso não é a certeza de sua ocorrência.
  • A ocorrência de um fato prejudicial não é a certeza de sua origem pelo uso da medicação.
  • A decisão de usar, de não usar ou de suspender uma medicação deve probabilística, ou seja, devem ser balanceadas as probabilidades de benefício com as probabilidades de malefício.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências