Reacção acrossómica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Reacção acrossómica num ouriço-do-mar

Durante a fertilização, o espermatozoide de primeiro fundir-se e depois penetrar o óvulo. Fundir-se com o óvulo normalmente causa poucos problemas, enquanto que penetrar na camada que reveste o óvulo apresenta mais problemas para o espermatozoide. Portanto, o espermatozoide passa por um processo denominado reacção acrossómica, que é a reacção que ocorre no acrossoma do espermatozoide quando este se aproxima do óvulo. O acrossoma é uma estrutura que reveste a parte anterior da cabeça do espermatozoide.

Quando o espermatozoide se aproxima da zona pellucida do óvulo, que é necessário para que se inicie a reacção, a membrana que reveste o acrossoma funde-se com a membrana plasmática do espermatozoide, expondo o conteúdo do acrossoma. O conteúdo inclui antígenos de superfície e numerosas enzimas digestivas que são responsáveis pela penetração através da camada externa do óvulo, permitindo a fertilização.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]