Reaction Motors

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde dezembro de 2013). Ajude e colabore com a tradução.
O Rocket Belt, projeto da Reaction Motors iniciado em 1958 já como RMD.

A Reaction Motors, Inc. (RMI), foi a primeira empresa aeroespacial dos Estados Unidos voltada à fabricação de motores de foguetes movidos a combustível líquido, fundada em 1941 e localizada em Nova Jersey.[1]

Histórico[1] [editar | editar código-fonte]

As origens da Reaction Motors remontam às atividades da American Rocket Society (ARS), que aquela altura já trabalhava por cerca de uma década com vários níveis de sucessos técnicos. Com o Mundo prestes a entrar na Segunda Guerra, os quatro membros do comitê de experimentos da ARS: Lawrence, Wyld, Pierce e Shesta, decidiram colocar a pesquisa de foguetes em bases comerciais.

Em Novembro de 1941, esses membros do comitê de experimentos, liderados por Lovell Lawrence Jr., conseguiram uma apresentação de um motor de foguete para o U.S. Navy Bureau of Aeronautics. Nessa apresentação, o motor foi acionado várias vezes, produzindo 0,4 kN durante 40 segundos a cada vez, o que deixou os representantes da Marinha bastante entusiasmados. Menos de uma semana depois, esse pioneiros obtiveram o seu primeiro contrato de $ 5.000 com a Marinha dos Estados Unidos para o desenvolvimento de motores de foguete.

Com esse contrato já na carteira, a Reaction Motors, Inc. (RMI) foi criada formalmente em 16 de Dezembro de 1941, tendo Lovell Lawrence, Jr., como gerente de negócios e Presidente; John Shesta como tesoureiro e engenheiro chefe; Hugh Franklin Pierce como vice presidente e engenheiro chefe de testes; e James Hart Wyld como secretário e diretor de pesquisas.

Nos seus primeiros nove meses de vida, a RMI, projetou e produziu dez diferentes modelos de motores de foguetes com potencia variando entre 0,06 e e 0,4 kN.

Um dos marcos da sua existência, foi o fato de ter projetado e construído o motor do avião Bell X-1, que foi o primeiro a quebrar a barreira do som.

Em 1957, a RMI possuía 21 estandes de teste, alguns deles com capacidade para testar motores entre 220 e 1.500 kN de empuxo.

Em 1958, a RMI se associou à Thiokol, formando a Reaction Motors Division (RMD). Essa associação acabou gerando uma série de problemas tanto técnicos quanto administrativos, que em conjunto, levaram ao encerramento das atividades da RMD em 1972.

Produtos[editar | editar código-fonte]

Patentes[editar | editar código-fonte]

(lista parcial)

  • 3095694 - "Reaction motor which does not require booster at high altitudes"[3]
  • 2637973 - "Rocket Engine Having Turbine Located in Nozzle for Driving Auxiliaries"[4]
  • 2479888 - "Controlling System for Reaction Motors"[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Dupont Jr., Ronald J.. Power for Progress: A Brief History of Reaction Motors, Inc., 1941-1972. [S.l.]: GardenStateLegacy.com, 2011. Página visitada em 28/12/2013.
  2. Wade, Mark. Viking Encyclopedia Astronautica. Página visitada em 28/12/2013.
  3. US3095694 A
  4. US2637973 A
  5. US2479888 A

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.