Real Expresso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Real Expresso é uma empresa brasileira do setor de transporte rodoviário de passageiros, atuando no mercado há 59 anos com uma excepcional trajetória de sucesso.

Com presença garantida nas principais capitais brasileiras e em nove Estados, além do Distrito Federal, a Real continua sendo sinônimo de tradição com sua frota moderna e atualizada, que acompanha as mudanças tecnológicas.

História[editar | editar código-fonte]

A empresa foi fundada em 16 de outubro de 1953, em Uberlândia-MG, com o nome de Real Autopeças. Dedicando-se ao transporte de passageiros com linhas dentro do Triângulo Mineiro, e à venda de veículos e acessórios, a sua frota era de apenas seis veículos, que foi evoluindo até transformar-se em uma transportadora de linhas mais extensas, ligando o Triângulo Mineiro à Belo Horizonte, São Paulo e Brasília, entre outras localidades.

Com 50 ônibus rodoviários e precisando crescer mais em prol da própria evolução do mercado, recebeu como sócio o Sr. José Augusto Pinheiro em 1965, que já era dono da Viação São Cristóvão, então com 16 veículos. Com a expansão da empresa, o nome não poderia mais ser um simples Real Autopeças, vez em que a mesma operava linhas rodoviárias, foi então renomeada Real Expresso. Posteriormente, a empresa se dividiu em duas, Real e Nacional Expresso, ficando a empresa com 75 veículos e as linhas São Paulo x Brasília, Uberlândia x Brasília, Uberaba x São Paulo e Goiânia x Belo Horizonte, entre outras.

Em 1967, a Real Expresso contratou uma empresa dinamarquesa de consultoria chamada Instalation, para apoiar a reorganização das atividades. A consultoria terminou com a organização de tráfego, formação própria de motoristas, instalação de tacógrafos, construção de pontos de apoio e limites da jornada de trabalho dos motoristas, carros com suspensão à ar e motores turbinados, assim como a realização da manutenção preventiva.

A empresa aproveitou o crescimento econômico e populacional do Centro-Oeste do Brasil, optando finalmente pela transferência de sua sede para a capital brasileira em 1981.

Sendo vencedora da concorrência pública para a linha Brasília x Porto Alegre, a Real Expresso procurou incorporar outras linhas e empresas do setor, visando a redução dos custos operacionais pela maior escala. Em janeiro de 1996, incorporou a Viação Alto Paraíso, visando atender sua expansão para o nordeste brasileiro. A Real Expresso atua hoje integrando o Centro-Oeste a praticamente todas as regiões do país através de linhas como Brasília x Porto Alegre, Goiânia x Salvador (passando por Barreiras), Brasília x Corrente, Brasília x Dianópolis/TO e Brasília x Palmas (com conexão em Arraias/TO), além de várias outras cidades atendidas pelos serviços: convencional, leito e executivo.

A empresa passou por uma serie de transformações econômicas, estando sintonizadas com o momento econômico mundial, unindo parques operacionais e pontos de vendas a empresas parceiras. Em 2009, associou-se ao Grupo Guanabara, grupo tal que reúne empresas como Util, Expresso Guanabara, Viação Normandy e empresas urbanas no Estado do Rio de Janeiro, além de hotéis, bancos e vários outros empreendimentos.

Em 2010 a empresa recebeu uma nova e moderna pintura, mantendo as cores vermelho e preto, e incorporando novamente o amarelo ouro, presente na década de 70, tudo remetido à modernidade, nas curvas simples e no efeito da tridimensionalidade.

Rafael Augusto Mendes - adaptação do texto da Real Expresso

Referências

Site Oficial [1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]