Reap the Wild Wind

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Reap the Wild Wind
O Vento Selvagem (PT)
Vendaval de Paixões (BR)
John Wayne (no escafandro) e Raymond Massey
 Estados Unidos
1942 • Technicolor • 123 min 
Direção Cecil B. DeMille
Produção Cecil B. DeMille
Buddy G. DeSylva
Roteiro Alan Le May
Charles Bennett
Jesse Lasky Jr.
Thelma Strabel (história)
Elenco Ray Milland
John Wayne
Paulette Goddard
Raymond Massey
Robert Preston
Lynne Overman
Susan Hayward
Gênero aventura
Idioma inglês
Distribuição Paramount Pictures
Página no IMDb (em inglês)

Reap the Wild Wind (Vendaval de Paixões (título no Brasil) ou O Vento Selvagem (título em Portugal)) é um filme estadunidense de 1942, do gênero aventura, dirigido por Cecil B. DeMille e estrelado por Ray Milland, John Wayne e Paulette Goddard. Ao custo de dois milhões de dólares, a superprodução oferece excitantes sequências subaquáticas,[1] que lhe valeram o Oscar de Efeitos Especiais. O climax do filme, inclusive, é uma luta entre os astros Milland e Wayne contra uma lula gigante.

Segundo o historiador Ken Wlaschin, este é um dos dez melhores filmes em que Paulette Goddard atuou.[2] O desempenho de Raymond Massey como um odioso vilão também foi elogiado.[3] [4] Esta foi a última vez que a colunista Hedda Hopper interpretou um personagem de importância em filmes. Daí em diante, ela se limitaria a pequenas pontas somente.

Além de ganhar o Oscar de Efeitos Especiais, a produção recebeu duas outras indicações da Academia: Direção de Arte (em cores) e Fotografia (em cores).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Ray Milland e Paulette Goddard

Nos Estados Unidos dos anos 1840, os navios são os responsáveis pelo comércio internacional e fazem a ligação entre o Rio Mississippi e o Oceano Atlântico. No entanto, muitas vezes eles se veem presos nos recifes de Key West, na Flórida, devido a temporais, nevoeiro, furacões e outros fenômenos da natureza. Existem as companhias autorizadas pelo governo para recuperar a carga submersa, uma atividade lucrativa e perigosa mas uma delas, liderada pelos irmãos Cutler, contrata bandidos para causarem naufrágios em locais pré-determinados para chegarem primeiro e reclamarem os direitos pela carga recuperada. A Devereaux Company é uma poderosa companhia mercante na qual trabalha o Capitão Jack Stuart, comandante do navio Jubilee. Certo dia, em meio a uma tormenta, Jack é posto a nocaute pelo primeiro imediato Mathias Widgeon, que, a seguir, afunda o navio. Jack é salvo por Loxi Claiborne e seu amigo, o Capitão Phil Philpott, donos de uma companhia idônea de salvamentos. Levado para convalescer na casa deles, Jack logo se apaixona por Loxi e conta a ela que seu sonho é comandar o Southern Cross, o primeiro navio a vapor da Devereaux. Outro pretendente ao coração de Loxi é Steve Tolliver, advogado daquela empresa, encarregado de investigar as circunstâncias do naufrágio do Jubilee. Uma feroz competição se instala entre os dois, em meio a diversos incidentes orquestrados por King Cutler, o dissimulado chefe da companhia de salvamentos que provoca os naufrágios.

Mais tarde, Steve assume a companhia Devereaux após a morte do antigo proprietário e com isso King convence Jack de que ele jamais conseguirá ser o comandante do Southern Cross pois o rival o prejudicará. Jack, então, faz um acordo com King para sabotar o navio que sairá com uma valiosa carga de Havana. Steve ouve os rumores sobre o plano para o naufrágio e pega o navio de Loxi, que tenta impedi-lo de chegar a Havana a tempo de impedir a partida do navio de Jack. Os dois testemunham o afundamento e Jack é levado aos tribunais. Alguém lembra que, escondida a bordo, bem podia estar a desaparecida Drusilla Alston, prima de Loxi e amante de Dan Cutler, irmão de King. Steve e Jack são levados pelo tribunal ao local do naufrágio para esclarecer essa dúvida. Enquanto mergulham procurando pelo corpo da moça, são atacados por uma enorme lula. Só um dos dois sairá vivo e ficará com Loxi.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Ray Milland Steve Tolliver
John Wayne Capitão Jack Stuart
Paulette Goddard Loxi Claiborne
Raymond Massey King Cutler
Robert Preston Dan Cutler
Lynne Overman Capitão Phil Philpott
Susan Hayward Drusilla Alston
Charles Bickford Bully Brown
Hedda Hopper Tia Henrietta Beresford
Lane Chandler Sam
Al Ferguson Não-creditado
Elmo Lincoln Não-creditado
Tom Chatterton Parson (não-creditado)[5]

Principais premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Situação
Oscar Melhores Efeitos Especiais
Melhor Fotografia (em cores)
Melhor Direção de Arte/Decoração de Interiores (em cores)
Vencedor
Indicado
Indicado

Referências

  1. MALTIN, Leonard, Classic Movie Guide, 2a. edição, Nova Iorque: Plume, 2010 (em inglês)
  2. WLASCHIN, Ken, The World's Great Movie Stars and Their Films, Londres: Peerage Books, 1985 (em inglês)
  3. EAMES, John Douglas, The Paramount Story, Londres: Octopus Books, 1985 (em inglês)
  4. [1]
  5. Tom Chatterton no IMDB

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • EAMES, John Douglas, The Paramount Story, Londres: Octopus Books, 1985 (em inglês)
  • SILVA, Divino Rodrigues da, Os Filmes da Paramount no Período de 1940 a 1944, in MATINÊ 13, Ribeirão Preto, SP: Divino Rodrigues da Silva, 1995, trimestral

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Reap the Wild Wind

Ver também[editar | editar código-fonte]