Redução a condição análoga à de escravo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Direito A Wikipédia possui o:
Portal do Direito

Redução a condição análoga à de escravo, ou crime de plágio (neste caso, evidentemente, sem relação com o crime contra a propriedade intelectual) é o crime previsto no artigo 149 do Código Penal Brasileiro, no capítulo dos crimes contra a liberdade individual.

Ocorre com frequência com prostitutas que aceitam trabalhar no exterior, porém, ao chegarem no país de destino, o aliciador retém seu passaporte e afirma que só o devolverá quando a dívida com ele estiver paga. Nunca estará, pois a prostituta ainda tem suas despesas de moradia, alimentação, saúde, vestuário etc.

Também é comum com trabalhados braçais, em especial no interior da região amazônica, que se deslocam por dias no meio da selva, contratados por alguém a serviço do empregador final, para a área em que irão trabalhar, morar e comer, vivendo sob condições desumanas e contraindo uma dívida crescente com o proprietário/possuidor da terra, sem referências humanas ou geográficas em um lugar desconhecido e distante do que ele conhecia antes da viagem que ele não sabia que seria sem volta.