Referendo constitucional na Letônia em 2008

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O referendo constitucional na Letônia em 2008 foi realizado em 2 de agosto de 2008, no qual, a população teve de decidir sobre a dissolução ou não do Parlamento do país. Desde que 10% dos eleitores registados aprovassem um movimento para se dissolver o parlamento, o referendo seria considerado como resultado favorável. Pelo menos a metade dos eleitores deveria que participar do referendo para que este seja válido.[1] [2]

Resultados[editar | editar código-fonte]

O referendo foi considerado inválido, pois 40% do eleitorado (e não 50% que era o mínimo exigido) compareceu às urnas. 96% destes eleitores optaram por SIM, ou seja, para que o Parlamento fosse dissolvido.[3]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre política, partidos políticos ou um político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.