Região Metropolitana de Florianópolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Região metropolitana de Florianópolis
Localização
Unidade federativa  Santa Catarina
Lei Criada pela LCE 162/1998
Extinta pela LCE 381/2007
Recriada pela LCE 495/2010
Data da criação 6 de Janeiro de 1998
Número de municípios 22
Cidade-sede Florianópolis
Características geográficas
Área 7 114,101 km²[1]
População 1 012 831 hab. (22º) Censo IBGE/2010[2]
Densidade 142,37 hab./km²
IDH 0,859 () – elevado PNUD/2000{{{idh_ref}}}
PIB R$ 17.020.155,277 mil IBGE/2008[3]
PIB per capita R$ 17.667,14 IBGE/2008[4]

A Região Metropolitana de Florianópolis é uma região metropolitana brasileira. Criada pela lei complementar estadual n° 162 de 1998, foi extinta pela lei complementar estadual n° 381 de 2007 e reinstituída pela lei complementar estadual n° 495 de 2010. É constituída por alguns municípios conurbados e por outros do entorno. Foi a região metropolitana de uma capital sulina que mais cresceu na última década, e junto com Aracaju e João Pessoa (ambas no Nordeste do país) formou o rol das três capitais-metrópoles litoraneas com maiores índices de crescimento e expansão geopolítica.

Núcleo metropolitano e área de expansão[editar | editar código-fonte]

Tendo como sede a cidade de Florianópolis, capital do Estado de Santa Catarina, a Região Metropolitana tem seu núcleo composto pela conurbação de Florianópolis com municípios vizinhos, formando uma única área urbana contínua onde vivem cerca de 877.706 pessoas, o maior aglomerado populacional de Santa Catarina. O núcleo metropolitano é composto por:

Ao redor deste núcleo, 13 municípios constituem a área de expansão, totalizando 22 municípios na Região Metropolitana e uma população de 1.012.831 habitantes.

Demografia e indicadores[editar | editar código-fonte]

Município População[5] (hab.) Área (km²) Densidade dem. (hab/km²) Produto Interno Bruto (PIB)[6] (2008) PIB per capita
Núcleo metropolitano
Florianópolis 421.203 433,32 972,03 R$8,1 bilhões R$25,1 mil
São José 210.513 113,17 1.860,14 R$4 bilhões R$20,5 mil
Palhoça 137.199 394,66 347,63 R$1,4 bilhão R$11,4 mil
Biguaçu 58.238 302,92 192,25 R$1 bilhão R$19,6 mil
Santo Amaro da Imperatriz 19.830 352,40 56,27 R$174 milhões R$9,5 mil
Governador Celso Ramos 13.012 105,87 122,90 R$104,8 milhões R$8,3 mil
Antônio Carlos 7.455 229,12 32,53 R$212,1 milhões 28.763,53
Águas Mornas 5.546 327,92 16,91 R$52,5 milhões R$11,6 mil
São Pedro de Alcântara 4.710 139,64 33,72 R$34,9 milhões R$6,9 mil
Total do Núcleo Metropolitano 877.706 2.399,01 365,86 R$15,3 bilhões R$18,4 mil
Área de expansão
Alfredo Wagner 9.410 732,28 12,85 R$106 milhões R$10,4 mil
Angelina 5.250 499,95 10,50 R$54,3 milhões R$10 mil
Anitápolis 3.214 542,38 5,92 R$40,1 milhões R$12,2 mil
Canelinha 10.603 151,41 70,02 R$85,7 bilhões R$8,5 mil
Garopaba 18.144 111,00 163,45 R$166,9 milhões R$10 mil
Leoberto Leal 3.365 291,19 11,55 R$51,5 milhões R$13,9 mil
Major Gercino 3.279 285,68 11,47 R$30 milhões R$10,3 mil
Nova Trento 12.179 402,12 30,28 R$153 milhões R$12,9 mil
Paulo Lopes 6.692 450,37 14,85 R$71 milhões R$9,8 mil
Rancho Queimado 2.748 286,43 9,59 R$38,7 milhões R$13,4 mil
São Bonifácio 3.008 461,30 6,52 R$30,3 milhões R$9,2 mil
São João Batista 26.260 220,73 118,96 R$329,1 milhões R$13,9 mil
Tijucas 30.973 276,62 111,96 R$506,9 milhões R$17,4 mil
Total da Área de Expansão 135.125 4.711,45 28,68 R$1,6 bilhão R$12,5 mil
Total Geral Região Metropolitana 1.012.831 7.110,47 142,44 R$17 bilhões R$17,6 mil

Qualidade de vida[editar | editar código-fonte]

Notoriamente uma das regiões com melhor nível de qualidade de vida no país, a Região Metropolitana de Florianópolis possui o maior IDH (0,859) entre todas a regiões metropolitanas do Brasil.

Economia[editar | editar código-fonte]

A região é um dos principais pólos da indústria tecnológica do Brasil, especialmente Florianópolis, onde destacam-se também o turismo, a construção civil, o comércio e o setor de serviços. Nos municípios vizinhos à capital, especialmente São José, Palhoça e Biguaçu, encontram-se um diversificado e crescente pólo industrial, além de importantes áreas de serviços e comerciais. Além disso, a maior parte dos municípios da área de expansão apresentam-se como importantes áreas para a agricultura.

Transporte coletivo[editar | editar código-fonte]

O transporte coletivo na Grande Florianópolis é composto basicamente por ônibus, sendo utilizado largamente para deslocamento da população residente nos municipios de Florianópolis, São José, Palhoça, Biguaçu, Santo Amaro da Imperatriz e São Pedro de Alcântara, que abrangem a região metropolitana.

Ele pode ser dividido em:

  • Linhas municipais urbanas de Florianópolis (Sistema Integrado de Transporte) é operado pelas empresas Insular Transportes Coletivos Ltda. (antiga Empresa Ribeironense Transporte Coletivo Ltda., que absorveu a Transporte Coletivo Limoense Ltda.), Empresa Florianópolis de Transportes Coletivos Ltda. – Emflotur, Transporte Coletivo Estrela Ltda., Transol Transporte Coletivo (antiga Viação Trindadense Ltda., que absorveu a Viação Taner), Canasvieiras Transportes Ltda.
  • Linhas municipais urbanas de São José é operado pelas empresas Biguaçu Transportes Coletivos Administração e Participação Ltda., Transporte Coletivo Estrela Ltda., Rodoviária Santa Terezinha Ltda. – RST.
  • Linhas municipais urbanas de Palhoça é operado pelas empresas Auto Ônibus e Turismo Josefense Ltda. – Jotur, Paulotur Transporte e Turismo Ltda.
  • Linhas municipais urbanas de Biguaçu é operado pela empresa Biguaçu Transportes Coletivos Administração e Participação Ltda.
  • Linhas intermunicipais urbanas é operado pelas empresas Auto Ônibus e Turismo Josefense Ltda. – Jotur, Biguaçu Transportes Coletivos Administração e Participação Ltda., Transporte Coletivo Estrela Ltda., Paulotur Transporte e Turismo Ltda., Auto Viação Imperatriz Ltda., Rodoviária Santa Terezinha Ltda. – RST.
  • Linhas intermunicipais rodoviárias é operado pelas empresas Auto Viação Catarinense Ltda., Empresa Boqueron S.R.L., Expresso do Sul S.A., Auto Viação 1001 Ltda., Empresa Santo Anjo da Guarda Ltda., Reunidas S.A. Transportes Coletivos, Real Transporte e Turismo S.A., Empresa União de Transportes Ltda., Viação Nossa Senhora dos Navegantes Ltda., Nevatur Transportes e Turismo Ltda., Transportes Capivari Ltda. – TCL, Pluma Conforto e Turismo S.A., Empresa União Cascavel de Transporte e Turismo Ltda. – Eucatur, Viação Itapemirim S.A., Brasil Sul Linhas Rodoviárias Ltda., Unesul de Transportes Ltda., Transporte Turismo Ltda. – TTL, Paulotur Transporte e Turismo Ltda., Rodoviária Santa Terezinha Ltda. – RST

Empresas operantes (até fevereiro/2012): Biguaçu Transportes Coletivos Administração e Participação Ltda.; Canasvieiras Transportes Ltda.; Empresa Florianópolis de Transportes Coletivos Ltda. – Emflotur; Transporte Coletivo Estrela Ltda.; Insular Transportes Coletivos Ltda.; Auto Ônibus e Turismo Josefense Ltda. – Jotur; Paulotur Transporte e Turismo Ltda.; Auto Viação Imperatriz Ltda.; Rodoviária Santa Terezinha Ltda. – RST e Transol Transporte Coletivo Ltda..

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  2. Censo Demográfico 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 12 dez. 2010.
  4. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas IBGE_PIB_2008
  5. Segundo censo do IBGE para 2010 [1].
  6. Segundo PIB do IBGE para 2008 [2].

Ver também[editar | editar código-fonte]