Regina de Saxe-Meiningen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Regina
Princesa herdeira da Áustria, Hungria e Boémia
Princesa de Saxe-Meiningen
Regina Habsburg.JPG
Governo
Consorte Otto da Áustria
Vida
Nascimento 6 de Janeiro de 1925
Wurtzburgo, Baviera, Alemanha
Morte 3 de Fevereiro de 2010 (85 anos)
Pöcking, Baviera, Alemanha
Sepultamento Cripta Imperial de Viena
Filhos Andreia de Habsburgo-Lorena
Mónica de Habsburgo-Lorena
Micaela de Habsburgo-Lorena
Gabriela de Habsburgo-Lorena
Walburga de Habsburgo-Lorena
Carlos de Habsburgo-Lorena
Jorge de Habsburgo-Lorena
Pai Jorge III de Saxe-Meiningen
Mãe Klara Maria von Korff genannt Schmissing-Kerssenbrock
Caixões do arquiduque Otto e da arquiduquesa Regina na Cripta Imperial de Viena.

Regina de Saxe-Meiningen (Regina Helena Isabel Margarida), (6 de janeiro de 1925 - 3 de fevereiro de 2010) foi um princesa-herdeira da Áustria, Hungria e Boémia através do seu casamento com o herdeiro do trono austríaco, Otto de Habsburgo.

Família[editar | editar código-fonte]

Regina era a filha mais nova do príncipe Jorge III de Saxe-Meiningen e da baronesa Klara Maria von Korff genannt Schmissing-Kerssenbrock. Os seus avós paternos eram o príncipe Frederico de Saxe-Meiningen e a condessa Adelaide de Lippe-Biesterfeld. Os seus avós maternos eram o barão hAlfred von Korff genannt Scmissing-Kerssenbrock e Helene von Hilgers.[1]

Vida[editar | editar código-fonte]

Regina foi a única dos seus irmãos a ter filhos: dos seus dois irmãos mais velhos, António Ulrich foi morto em combate durante a Segunda Guerra Mundial quando tinha vinte anos e Alfredo tornou-se monge e renunciou aos seus direitos de sucessão. A sua única irmã, Maria Isabel, morreu aos três meses de idade em 1923, ainda antes do nascimento de Regina.

No dia 10 de maio de 1951 casou-se com Otto von Habsburg, filho do imperador Carlos I da Áustria e antigo príncipe-herdeiro, na Église de Cordeliers em Nancy, França, com a bênção do Papa Pio XII.[2] A partir do casamento, Regina passou a usar o título de princesa-herdeira e o nome oficial de Regina von Habsburg. Desde 10 de Maio de 1954 até à sua morte, Regina e Otto viveram juntos na Villa Austria, sua residência oficial, também chamada de Kaiservilla (A villa do Imperador), em Pöcking, perto do Lago Starnberg.

A 2 de dezembro de 2005, Regina sofreu uma lesão cerebral e foi levada para o hospital em Nancy. Apesar de tudo, a 22 de fevereiro de 2006 já estava suficientemente recuperada para estar presente na transladação dos restos mortais da sua mãe, a duquesa Klara e do seu irmão mais velho, António Ulrich, para o mausoléu de Veste Heldburg, no adro da igreja de Heldburg, no distrito de Hildburghausen. A transferência dos restos mortais do príncipe Jorge III de Tscherepowez, na Rússia, onde tinha morrido como prisioneiro de guerra em 1946, aconteceu na primavera de 2007.

Regina von Habsburg morreu em Pöcking no dia 3 de fevereiro de 2010 de causas desconhecidas e foi enterrada em Veste Heldburg no dia 10 do mesmo mês.[3] O seu caixão foi mais tarde levado para a Cripta Imperial de Viena no dia 16 de Julho de 2011, dia do funeral do seu marido Otto.[4]

Descendência[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. The Peerage
  2. "Archduke Otto Married to German Princess In Church and Civil Rites in Nancy, France", The New York Times (Nancy, France), 11 de Maio de 1951
  3. Main Post,8 de Fevereiro de 2010
  4. "Regina von Habsburg tritt ihre letzte Reise an".