Rei Preguiçoso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Rei preguiçoso, ou rei indolente (Roi fainéant, literalmente "rei faz-nada"), é um termo francês anteriormente usado para se referir aos últimos reis da dinastia Merovíngia, após eles aparentemente perderem sua energia. Eles foram considerados e retratados como sendo "sem uso" pelos reis carolíngios e mesmo por historiadores modernos.

Sigeberto III é às vezes tido como o primeiro "rei preguiçoso" da dinastia merovíngia. O último governante carolíngio, Luís V da França, também foi apelidade de "le Fainéant" ["o Faz-Nada"], devido seu governo efetivo ser limitado à região ao redor de Lyon.

Os seguintes reis são, algumas vezes, tidos como sendo parte dos "reis preguiçosos":


Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • M. Christian Pfirter, La Gallia sotto i franchi merovingi: vicende storiche, in «Storia del mondo medioevale», vol. I, 1999, pp. 688-711
  • Marie-Nicolas Bouillet et Alexis Chassang (dir.), « Rois fainéants » in Dictionnaire universel d’histoire et de géographie, 1878