Reinhold Begas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Reinhold Begas (Schöneberg, Berlim, 15 de julho de 18313 de agosto de 1911) foi um escultor alemão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Begas recebeu seu treinamente inicial com os escultores Ludwig Wilhelm Wichmann e Christian Daniel Rauch. Durante um período de estudo na Itália, de 1856 a 1858, ele fora fortemente influenciado pela obra de Michelângelo e pela arte barroca do período. Lá ele também conheceu os artistas Francis Lenbach, Arnold Böcklin e Anselm Feuerbach.

Desde o ano de 1870 Begas dominou a arte plástica na Prússia, especialmente em Berlim, onde despertou grande interesse no Cáiser Guilherme II. Suas obras-primas desse período são a estátua colossal de Borússia para o Salão da Glória; a fonte de Netuno na Schloßplatz; a estátua de Alexander von Humboldt; o sarcófago do imperador Frederico III no mausoléu da Igreja da Paz em Potsdam e, finalmente, o monumento nacional ao imperador Guilherme I, o memorial a Otto von Bismarck diante do Reichstag e várias estátuas na Avenida da Vitória.

Embora sua temática favorita fosse a arte decorativa e mitológica, ele tornou-se o mais famoso retratista à sua época e esculpiu muitos bustos de seus contemporâneos.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo incorpora texto da Encyclopædia Britannica (11ª edição), publicação em domínio público.
  • "Begas, Reinhold." Encyclopædia Britannica. Ultimate Reference Suite. Chicago: Encyclopædia Britannica, 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Reinhold Begas

Literatura de e sobre Reinhold Begas no catálogo da Biblioteca Nacional da Alemanha

Ícone de esboço Este artigo sobre um Escultor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.