Reino da Araucânia e Patagônia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Royaume d'Araucanie et de Patagonie
Reino da Araucania e Patagônia

Monarquia constitucional

Flag of Argentina.svg
 
Flag of Chile.svg
 
Ancient mapuche flag.svg
1860 – 1862 Flag of Chile.svg
 
Flag of Argentina.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão de armas
Lema nacional
Independência e liberdade (em Francês: Indépendance et liberté)
Localização de Nova França
Extensão do Reino da Araucania e Patagônia
Continente América do Sul
Capital Perquenco
Língua oficial Mapudungun, Espanhol, Francês
Governo Monarquia constitucional
Rei
 • 1862 — 1878 Antoine I da Araucania e Patagônia
História
 • 17 de novembro de 1860 Proclamação de Orélie Antoine I
 • 05 de Janeiro de 1862 Prisão de Orélie Antoine I
Moeda Peso

O Reino da Araucânia[1] e Patagônia (português brasileiro) ou Patagónia (português europeu) (também chamado Nova França) foi um auto-proclamado estado independente fundado por um advogado e aventureiro francês, Orelie Antoine de Tounens, na América do Sul, em meados do século XIX e nunca reconhecido por qualquer outro estado. Nessa época, os indígenas locais (os Mapuches) estavam em uma luta desesperada para retomar sua independência vendo a hostil aproximação econômica e militar pelos governos do Chile e da Argentina, que queriam as terras Mapuches por seu potencial agrícola. No entanto, o apoio indígena foi sempre reduzido.

O reino reclamava as terras da Patagônia e da Araucânia situadas a sul do rio Biobío até ao Reloncaví, de acordo com as fronteiras traçadas pelo tratado de Killen de 1641 entre a nação mapuche e a Espanha. Abarcando as actuais regiões chilenas de Biobío, La Araucanía e Los Lagos. A sua capital foi situada em Perquenco.

Eles foram expulsos pelo Exército Chileno, mas os descendentes de seu líder, Antoine-Oreliane, que se proclamou rei de Araucânia e Patagônia, mantêm um governo no exílio. Hoje, o reino, que nunca foi reconhecido por nenhum estado, é "governado" pelo Príncipe Stanislas I, desde 2014, a partir de Paris.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Reino da Araucânia e Patagônia

Leia também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Fernandes, Ivo Xavier. Topónimos e Gentílicos. Porto: Editora Educação Nacional, Lda., 1941. vol. I.