Relações entre Arábia Saudita e Iraque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Relações entre Arábia Saudita e Iraque
Bandeira da Arábia Saudita   Bandeira do Iraque
Mapa indicando localização da Arábia Saudita e do Iraque.
  Iraque

As relações entre Arábia Saudita e Iraque são as relações entre o Reino da Arábia Saudita e a República do Iraque. Estas relações foram marcadas, durante anos, por divergências e tensões entre os dois países.

O Iraque foi fortemente apoiado pela Arábia Saudita durante a Guerra Irã-Iraque na década de 1980, cujas elites não viam com bons olhos a expansão do fundamentalismo islâmico, representado pelo Irã, aos países árabes. Foram destinados cerca de US$ 20 bilhões aos iraquianos durante os anos de conflito.

A Arábia Saudita, que se autodetermina o líder sunita dentro da religião islâmica, também não via com bons olhos um governo iraquiano liderado por xiitas.

Após 22 anos sem laços diplomáticos, a Arábia Saudita nomeou, em 2012, um embaixador para o Iraque pela primeira vez desde a invasão do Kuwait e a subseqüente Guerra do Golfo, em 1990.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre relações exteriores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Predefinição:Relações exteriores do Iraque