Relações entre Espanha e Estados Unidos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Relações entre Espanha e Estados Unidos
Bandeira da Espanha   Bandeira dos Estados Unidos
Mapa indicando localização da Espanha e dos Estados Unidos.


As relações entre Espanha e Estados Unidos são as relações diplomáticas estabelecidas entre o Reino de Espanha e os Estados Unidos da América. Estas relações foram estabelecidas em 1783.

História[editar | editar código-fonte]

O Congresso Continental enviou John Jay para a Espanha em 1779, em uma tentativa de convencer a Corte Espanhola a reconhecer a nova nação. John Jay viveu dois anos no país europeu, mas não obteve sucesso. Madrid não estava disposta a arriscar as relações com o Congresso na Filadélfia, até que se tornou evidente que a Grã-Bretanha e os Estados Unidos estavam realmente movendo-se para assinar um tratado com o objetivo de acabar com a guerra e reconheceu a independência dos Estados Unidos.[1] Desde 1783, quando a Espanha conseguiu finalmente reconhecer os Estados Unidos, os dois países romperam relações apenas uma vez, quando ambos se enfrentaram na Guerra Hispano-Americana de 1898. Atualmente a Espanha é uma monarquia constitucional, membro da União Europeia e da OTAN.

Encontro de presidentes[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Relações entre Espanha e Estados Unidos
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Relações entre Espanha e Estados Unidos

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre relações exteriores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.