Relações entre Israel e Turquia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Relações entre Turquia e Israel
Bandeira da Turquia   Bandeira de Israel
Mapa indicando localização da Turquia e de Israel.
  Israel


As relações entre Turquia e Israel são as relações diplomáticas estabelecidas entre a República da Turquia e o Estado de Israel. Estas relações foram iniciadas em março de 1949. A Turquia foi o primeiro país de maioria muçulmana (antes do Irã, na dinastia Pahlavi) a reconhecer o Estado de Israel.

A cooperação militar, estratégica e diplomática entre a Turquia e Israel são de alta prioridade para ambos os países, que compartilham as preocupações com relação às instabilidades regionais no Oriente Médio. As relações têm sido tensas desde a virada do século, como resultado do declínio político na Turquia, de forças com base na ideologia secular do Kemalismo, o correspondente aumento do Partido da Justiça e Desenvolvimento do primeiro-ministro Recep Tayyip Erdoğan, a Operação Chumbo Fundido em 2008-2009 e o Ataque à Flotilha da Liberdade em 2010.[1]

História até 1967[editar | editar código-fonte]

O primeiro embaixador turco para Israel, Seyfullah Esin (C), com o presidente Chaim Weizmann e o ministro das relações exteriores Moshe Sharett, depois de apresentar as suas credenciais em Rehovot. (1950)

A Turquia reconheceu o Estado de Israel em 1949. Em 1958, o primeiro-ministro israelense David Ben-Gurion e o primeiro-ministro turco Adnan Menderes reuniram-se secretamente para discutir um "pacto periférico", que incluiu campanhas de relações públicas, a troca de informações de inteligência e apoio militar. Em 1967, a Turquia se juntou à condenação árabe de Israel após a Guerra dos Seis Dias e pediu a retirada de Israel dos territórios ocupados, mas se absteve de votar a favor de uma cláusula referente a Israel como um "estado agressor". Em uma reunião da Organização da Conferência Islâmica em Rabat, no Marrocos, a Turquia se opôs a uma resolução que solicitava que cortasse as relações diplomáticas com Israel.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre relações exteriores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.