Relações entre Geórgia e Rússia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Relações entre Rússia e Geórgia
Bandeira da Rússia   Bandeira da Geórgia
Mapa indicando localização da Rússia e da Geórgia.

A relação entre a Rússia e a Geórgia são as relações internacionais estabelecidas entre esses dois países da Europa e Ásia. As fronteiras que delimitam os países estão na região do Cáucaso. Após a independência da Ossétia do Sul e da Abecásia (ambas regiões separatistas pertencentes a Geórgia que estão situadas na fronteira com a Rússia), com seu posterior reconhecimento pela Rússia, as relações entre russos e georgianos deterioraram-se. Várias guerras ocorreram entre esses dois países, principalmente devido ao envolvimento russo no conflito georgiano-osseta e no conflito georgiano-abecásio.

Após a eleição de Mikhail Saakashvili, como presidente da Geórgia, o país tomou uma posição pró-estadunidense, e em várias ocasiões a Rússia e a Geórgia confrontaram-se militarmente. Principalmente com ataques contra a Ossétia do Sul, uma região pró-Rússia [1] .

Após um período sem qualquer forma de diálogo entre os dois países, a Rússia propôs adotar relações internacionais com a Geórgia em 2 de março de 2012[2] . No entanto, os georgianos recusaram-se a restaurar as relações com Moscou, já que os russos reconhecem a Abecásia e a Ossétia do Sul como independentes[3] .

Além disso, os russos possuem bases militares que estão localizadas nas regiões separatistas georgianas, na Ossétia do Sul e na Abecásia[3] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Relações entre Geórgia e Rússia

Referências

Predefinição:Relações exteriores da Geórgia

Ícone de esboço Este artigo sobre relações exteriores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.