René Petit

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
René Petit
René Petit
René Petit (a direita) antes do início de uma partida
Informações pessoais
Nome completo René Petit de Ory
Data de nasc. 8 de novembro de 1899
Local de nasc. Dax, Landes,  França
Falecido em 14 de outubro de 1989
Local da morte Hondarribia,  Espanha
Informações profissionais
Posição Meio-campista
Clubes de juventude
1914-1916 Espanha Real Madrid
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1916-1917
1917-1918
1918-1920
1920-1934
Espanha Real Madrid
Espanha Real Unión de Irún
França Stade Bordelais
Espanha Real Unión de Irún
Seleção nacional
1920 Bandeira da França França 2

René Petit de Ory, nascido em Dax, 08 de outubro 1899 e falecimento 14 de outubro 1989 foi um futebolista e também um engenheiro francês. Ele jogou no Real Madrid e Real Unión de Irún e ganhou quatro Copas do Rei. Ele foi convocado duas vezes para a Seleção Francesa de Futebol e foi semi-finalista dos Jogos Olímpicos de 1920.

Biografia[editar | editar código-fonte]

René Petit era filho de um engenheiro francês que foi o responsável por uma empresa ferroviária no norte de Espanha. Aos 12 anos mudou-se para Madrid e começou, com seu irmão Jean nas equipes de jovens do Real Madrid.

Real Madrid[editar | editar código-fonte]

Em 1916, ele chegou à final da Copa da Espanha mas o Real foi derrotado pelo Athletic Bilbao. No ano seguinte, com a idade de 18 anos, ele conseguiu chegar a final da Copa da Espanha contra o Arenas Club de Getxo. Ele marcou o gol de empate aos 85 minutos depois de atravessar meio campo e driblar toda a defesa adversária. Sua equipe ganhou na prorrogação. Com a camisa do Real Madrid ele jogou 29 jogos e registrou 13 gols e ganhou dois Campeonato Espanhol em 1916 e 1917.

Real Union Irun[editar | editar código-fonte]

Em 1917, Petit foi transferido para o Real Unión de Irún. Em 1918, ele novamente chegou à final da Copa da Espanha e venceu sua ex-equipe, o Real Madrid por 2-0.

SBUC e a Seleção Francesa[editar | editar código-fonte]

Em 1918 ele voltou para a França para prestar o serviço militar. Petit não foi recrutado para combate na Primeira Guerra Mundial ao contrário de seu irmão Jean que sofreu uma grave lesão que o fez terminar sua carreira no futebol.

Ele passou apenas duas temporadas na França, sob a bandeira do Stade Bordelais Université Club de 1918 a 1920. Durante sua passagem pelo Stade Bordelais ele foi convocado pela Seleção Francesa para os Jogos Olímpicos de 1920. [1]

Volta ao Real Union Irun[editar | editar código-fonte]

Em 1920, ele retornou à Espanha novamente para o Real Unión de Irún onde jogou até 1934 onde encerrou sua carreira.

Petit, engenheiro[editar | editar código-fonte]

Terminou seus estudos em 1924. Após a graduação, trabalhou em muitos projetos em Hondarribia e Irun. Mais tarde, ele se juntou a Confederação Hidrográfica do Rio Ebro e trabalhou na barragem do Lago Yesa, que foi o trabalho de sua vida. Seu trabalho foi parrado um pouco antes da Guerra Civil Espanhola. No início da guerra, Petit foi brevemente exilado para França. Após a guerra, ele trabalhou em muitos projetos como a reconstrução da ponte de Arenal em Bilbao e a barragem do Ebro. Em seguida, ele continuou e completou o projeto da barragem do Lago Yesa, uma das mais importantes obras hidráulicas de Aragão e Navarra. Seu nome foi dado a uma das principais ruas da cidade de Yesa.

Depois de finalizar a obra em 1959, ele foi premiado com o Chefe de Obras Públicas de Guipúzcoa, onde permaneceu até sua aposentadoria em 1969.

Ele mudou-se para Hondarribia e recebeu a Grã-Cruz da Ordem de Mérito Civil, quando morreu em 1989, com a idade de 90 anos.[2]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. _ID_PEQUENO=%E9%_Card_Player_20Ren René Petit historia.
  2. El Mundo Deportivo. Jornal (em espanhol). Página visitada em 5 de dezembro de 2012.