Rensis Likert

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Rensis Likert (1903 - 1981) foi um professor de sociologia e psicologia e diretor do Instituto de Pesquisas Sociais de Michigan. Durante mais de 40 anos, desenvolveu uma série de estudos sobre estilos de liderança e gerência, dedicando-se à realização de experiências e à análise de informações obtidas em experimentos de outros estudiosos, na tentativa de relacionar o sucesso alcançado por determinadas organizações com o sistema de liderança e a política de gestão de pessoas por elas adotada.

Visualiza a organização através de 4 Sistemas Administrativos:

1 - Autoritário Coercitivo: As decisões são impostas aos subordinados, a motivação é pela ameaça, as responsabilidades são centralizadas, há pouca ou nenhuma comunicação e nenhum trabalho em equipe.

2 - Autoritário Benevolente: Há um pouco de confiança na liderança, motivação através de recompensas, as responsabilidades são mais compartilhadas entre os níveis gerenciais, há mais comunicação e relativo trabalho em equipe.

3 - Consultivo: Liderença exercida com substancial confiança, motivação pelas recompensas e envolvimento, as pessoas se sentem responsáveis pelo alcance dos objetivos, há comunicação vertical e horizontal e moderado trabalho em equipe.

4 - Participativo: Plena confiança na liderança, a motivação é igual a recompensa, alcance dos objetivos estabelecidos conjuntamente, as pessoas sentem real responsabilidade, há muita comunicação e significativo trabalho em equipe.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.