República de Vermont

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vermont Republic
República de Vermont

Estado não-reconhecido

Union flag 1606 (Kings Colors).svg
 
NewHampshire1692Seal.png
1777 – 1791 Flag of Vermont (1804-1837).svg

Bandeira de Vermont

Bandeira

Continente América do Norte
Capital Windsor, depois Castleton
Governo Não especificado
Governador
 • 1778 - 1789 Thomas Chittenden
 • 1789 - 1790 Moses Robinson
 • 1790 - 1791 Thomas Chittenden
Legislatura Casa dos Representantes dos Homens-livres de Vermont
Período histórico Revolução Americana
 • 15 de Janeiro de 1777 de 1777 Declaração de independência
 • 4 de Março de 1791 de 1791 Ingresso na União
Moeda cobres do Vermont

A República de Vermont foi uma república independente na América do Norte fundada em 1777 e extinta em 1791, quando se integrou nos Estados Unidos da América como estado de Vermont - o 14º a entrar na União. A sua capital era Windsor, e posteriormente Castleton.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1763, o Tratado de Paris pôs termo à Guerra Franco-Indígena, entregando a área aos ingleses, então Reino da Grã-Bretanha. Partes da região eram controladas pela Província de Nova Iorque e pela Província de New Hampshire, com sobreposição devido à controvérsia relacionada com os New Hampshire Grants, e com a decisão do rei Jorge III de os tornar parte de Nova Iorque.

Ethan Allen e os seus Green Mountain Boys tornaram-se uma milícia anti-inglesa, e posteriormente anti-Nova Iorque e anti-New Hampshire. Em 15 de Janeiro de 1777, os rebeldes declararam a região independente, com o nome de República de New Connecticut embora fosse mais conhecida como República das Montanhas Verdes (Green Mountains). Em 8 de Julho desse ano o nome da nação separatista foi alterado para Vermont (do francês para Montanhas Verdes, Verts Monts).

Thomas Chittenden foi o primeiro governador da República de Vermont, e depois governador do estado dos EUA com o nome actual.

A Constituição da República do Vermont foi redigida e ratificada na Windsor Tavern de Elijah West em 1777, e foi a primeira constituição nacional escrita da América do Norte. Foi também a primeira constituição do Novo Mundo a proibir a escravatura e a seguir o sufrágio masculino universal, independentemente das propriedades e bens detidos por cada homem. Durante a República de Vermont, algumas vezes dita como "a primeira república", uma sugestão velada de futura independência, o governo assegurou a cunhagem de moeda e operou o serviço postal. A assembleia geral e o conselho do governador adoptaram a bandeira dos Green Mountain Boys como bandeira nacional. O Governador Thomas Chittenden, com o consentimento do conselho e da assembleia unicameral enviou embaixadores para a França, Países Baixos e para o governo americano cuja sede era em Filadélfia. A República de Vermont é muitas vezes referida como a "república relutante" porque logo de início muitos dos seus cidadãos eram favoráveis à união política com os EUA. O estatuto de independência vigorou até 4 de Março de 1791, quando entrou na União, em parte como estado anti-esclavagista que compensasse a posição pró-escravatura do Kentucky.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Allen, Ira [1798] (1969). The natural and political history of the State of Vermont, one of the United States of America. Charles E. Tuttle Company. ISBN 0-8048-0419-2.
  • Bryan, Frank, and John McClaughry. The Vermont Papers: Recreating Democracy on a Human Scale. Chelsea Green Publishing: 1989. ISBN 0-930031-19-9.
  • Orton, Vrest. Personal Observations on the Republic of Vermont. Academy Books: 1981. ISBN 0-914960-30-X.
  • Van de Water, Frederic Franklyn (1974). The Reluctant Republic: Vermont 1724–1791. The Countryman Press. ISBN 0-914378-02-3.
  • The Constitution of the State of Vermont: a Fascimile Copy of the 1777 Original. The Vermont Historical Society: 1977.