Represa de Juturnaíba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Represa de Juturnaíba, antiga Lagoa de Juturnaíba, é um importante espelho d'água, situada no Rio São João e que é responsável pelo abastecimento de água da Região dos Lagos.

o nome Juturnaíba é originário da palavra indígena “Nhetoronoa-aba” ou “Nhetoranga-aíba”, que significa “lago medonho” ou “mal-assombrado” e foi dado devido à presença de urutaus (Nyctibius griseus) nas matas, aves noturnas de grande porte cujo canto melancólico provavelmente era temido pelos índios Tamoios.

Equivocadamente, muitos ainda chamam o local de lagoa. Porém, na verdade trata-se hoje de uma represa, devido ao barramento pouco acima da confluência do canal do Revólver com o rio principal, entre os morros do Madureira e Crioula.

A lagoa (ou represa) está situada entre os municípios de Araruama e Silva Jardim, numa distância de 12,5 km do centro de São Vicente de Paulo.

Apesar do barramento, Juturnaíba é considerada por muitos como um santuário ecológico, em razão de sua proximidade com a Reserva Biológica Poço das Antas, além de que encontra-se no local uma grande diversidade de peixes, havendo pequenas ilhas no local que fazem da lagoa um viveiro natural de espécies nativas de animais.

Ícone de esboço Este sobre Engenharia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.