Reptilianos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde março de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Reptilianos
Grupo Extraterrestre
Habitat Espaço

Os Reptilianos são um elemento comum em teorias de conspiração e nas pseudociências de criptozoologia e ufologia. São denominados por muitos termos dependendo do contexto, incluindo – Povo serpente, Homens cobra, Reptóides ou Draconianos (Ufologia), Dinossauróides, Povo Lagarto, e Homens Lagarto.


Na ficção clássica[editar | editar código-fonte]

Na ficção moderna[editar | editar código-fonte]

Na ficção moderna, temos vários exemplos de reptilianos, cujo fenótipo réptil é mais homogêneo que na mitologia grega, onde apenas partes do corpo eram de serpente. Geralmente são associados com seres humanos ou reptéis mutantes por natureza ou geneticamente alterados.

Teoria da Conspiração[editar | editar código-fonte]

Segundo David Icke, reptilianos são seres extraterrestres que planejam dominar o mundo, utilizando-se de frequências sonares distintas de nossa realidade, aprisionando-nos em nós mesmos (Realidade Matrix), impedindo-nos de nos manter conectados à realidade.

Fragmentam nossas mentes, reprogramando os fragmentos, utilizando os Illuminati (seita de seres humanos) para ativar, através de diversos canais (mídia, sons, orações, etc.) os programas mentais do fragmento que desejarem, a fim de levarem a cabo uma Agenda Mundial.

Reptilianos em He-man[editar | editar código-fonte]

Na série animada He-man, dois vilões, Lagartauro e Kobra Khan, são descritos como reptilianos.

Reptilianos em D&D[editar | editar código-fonte]

No RPG Dungeons and Dragons, a raça dos Lizardfolk são reptilianos.

Reptilianos em O Elo Perdido (Land of the Lost - 1974)[editar | editar código-fonte]

O Elo Perdido foi criado em 1974 (Land Of The Lost), a série foi exibida na emissora do SBT por volta dos anos 80, tinha como parte do enredo além dos dinossauros, homens-lagartos chamados de Sleestaks que viviam no período anterior ao homens pré-históricos, e eles eram guardiões de um portal do tempo em plena era dos dinossauros.

Reptilianos em Os Mutantes[editar | editar código-fonte]

Na novela Os Mutantes: Caminhos do Coração exibida em 2009 pela Record, os reptilianos viajam de planeta em planeta em busca de água e outras condições favoráveis de vida. Após visitarem Marte e sugarem toda sua água eles vêm à Terra. Muitos humanos e também mutantes (que foram criados pelos reptilianos juntando gêne de animais com o de humanos) são abduzidos em variadas regiões do mundo para que os Reptilianos possam estudar seus corpos, para mais tarde assumirem a sua forma.

Reptilianos em Sorriso do Lagarto[editar | editar código-fonte]

No romance O Sorriso do Lagarto, o escritor brasileiro João Ubaldo Ribeiro, aborda o personagem Dr. Lúcio Nemésio, que se utiliza do hospital público para realizar uma série de experiências genéticas, com o objetivo de criar uma espécie de raça transgênica entre a humana e a reptiliana.

Ver também[editar | editar código-fonte]