Reserva da Biosfera de El Vizcaíno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Santuário de Baleias de El Vizcaíno *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Pelícano en Mulegé.jpg
Pelicano na costa de El Vizcaíno
País México
Critérios (x)
Referência 554
Coordenadas 27° 47′ N 114° 13′ W
Histórico de inscrição
Inscrição 1993  (17ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

A Reserva da Biosfera de El Vizcaíno localiza-se numa região próximo da Baía Sebastián Vizcaíno, de que faz parte Guerrero Negro e abrangendo as Lagoas de Ojo de Liebre e San Ignacio, sendo considerada a maior reserva natural da América Latina. Estas lagoas constituem o habitat das baleias cinzenta e azul, entre outros animais marinhos e também de aves. Ao redor da área protegida o ambiente é árido.

Os Cochimi foram os primeiros a habitar esta região em 11.000 anos, eram nómadas que vieram do norte da América. Estes nómadas viveram em protecção, nas cavernas da Serra de São Francisco. Aí ainda é possível ver a arte rupestre dos Cochimi.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre o México é um esboço relacionado ao Projeto América do Norte. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.