Resina composta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A resina composta é um material usado na odontologia com a finalidade de restaurar (estética e funcionalmente) os dentes.

Sua aplicação é bem ampla, podendo ser usado para mudar a forma dos dentes, restaurar dentes fraturados, preencher cavidades provocadas pela cárie e minimizar imperfeições do esmalte dentário. É tido como um material restaurador com grande apelo estético por aproximar-se bastante das características naturais dos dentes, como: cor, textura, brilho, fluorescência e translucidez.

Com o avanço tecnológico crescente dos materiais restauradores odontológicos, atualmente é possível encontrar resinas compostas de diversos fabricantes com uma durabilidade similar a outros materiais restauradores (classificados como estéticsamente inferiores).

Adesividade[editar | editar código-fonte]

A resina composta liga-se ao dente através de uma união micromecânica, ou seja, liga-se inicialmente a um sistema adesivo, que por sua vez, encontra-se ligado diretamente aos tecidos mineralizados do órgão dentário (esmalte e dentina).

Ícone de esboço Este artigo sobre Odontologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.