Retrato de Chandos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Retrato de Chandos, óleo sobre tela, de autoria desconhecida.

O Retrato de Chandos é um dos mais famosos retratos que supostamente representam o dramaturgo e poeta inglês William Shakespeare (1564-1616). O nome pelo qual é conhecido o quadro deriva de James Brydges, 3o Duque de Chandos, um dos seus primeiros donos.

Pintado por volta de 1610, o retrato é o único que pode ter sido realizado durante a vida de Shakespeare. Também pode ter sido a base da gravura que representa o poeta no First Folio de 1623, uma edição de suas obras. Não se conhece o autor da pintura, ainda que este poderia ser John Taylor (m. 1651), artista contemporâneo do dramaturgo de Romeu e Julieta.

O retrato encontra-se hoje na National Portrait Gallery de Londres, sendo o primeiro adquirido pela galeria em 1856, ano de sua fundação.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre pintura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.