Revolução Somali (1986–1992)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Revolução Somali (1986–1992)
Data 1986 - 1992
Local Somalia
Desfecho Queda da República Democrática Somali em 1991, Guerra Civil Somali
Combatentes
Somália República Democrática Somali e Exército Nacional Somali (SNA) sob Siad Barre; Barre depois exila e as forças passam mais tarde a ser conhecida como Frente Nacional Somali (SNF) Grupos Rebeldes:

Flag of Puntland.svg Frente Democrática de Salvação Somali (SSDF) Flag of Somaliland.svg Movimento Nacional Somali (SNM)
Flag of Jubaland.svg Movimento Patriótico Somali (SPM)
Somália Congresso Somali Unido (USC)
Frente Democrática Somali (SDF)

Principais líderes
Siad Barre

A Revolução Somali ocorreu na Somália de 1986 a 1992 e que culminou na queda do regime de Siad Barre. Esta revolução deu início à Guerra Civil Somali.

A Revolução somali teve início em 1986, quando Siad Barre começou a atacar o clã que baseava grupos dissidentes em oposição a seu governo com suas forças especiais, os "boinas vermelhas" (Duub Cas). Os dissidentes foram ganhando força durante quase uma década depois de sua mudança abrupta de fidelidade da URSS para os Estados Unidos e da desastrosa Guerra de Ogaden de 1977 a 1978. Quando Barre foi ferido em um acidente automobilístico em 23 de maio de 1986, os rivais dentro próprio governo Barre e grupos revolucionários se tornaram mais ousados e entraram em conflito aberto.

A revolução é dividida em duas fases distintas:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.