Riad Sattouf

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Riad Sattouf
Nascimento 5 de Maio de 1978 (35 anos)
Paris, França
Nacionalidade França francês
Ocupação autor, cineasta

Riad Sattouf (Paris, 5 de maio de 1978) é um autor de banda desenhada e cineasta. Atualmente, desenha todas as semanas para a Charlie Hebdo, numa série intitulada La Vie secrète des jeunes.

Obras editadas[editar | editar código-fonte]

Manuel du puceau, Bréal Jeunesse, Rosny-sous-Bois, 2003
    Argumento e desenho : Riad Sattouf
Ma Circoncision, Bréal Jeunesse, Rosny-sous-Bois, 2004
    Argumento e desenho : Riad Sattouf
No sex in New York, Dargaud coleção Poisson Pilote, Paris, 2004
    Argumento e desenho : Riad Sattouf
Retour au collège, Hachette Littératures coleção La Fouine Illustrée, Paris, 2005
    Argumento e desenho : Riad Sattouf
La Vie secrète des jeunes, L'Association coleção Ciboulette, Paris, 2007
    Argumento e desenho : Riad Sattouf

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Premiações[editar | editar código-fonte]

Banda desenhada[editar | editar código-fonte]

  • Em 2003, prémio René Goscinny por Les pauvres aventures de Jérémy, número 1, Les jolis pieds de Florence.
  • Em 2007, prémio Jacques Lob por Pascal Brutal, número 2, Le mâle dominant.
  • Em 2008, Globe de Cristal de melhor banda desenhada por La vie secrète des jeunes[1] .
  • Em 2010, por unanimidade do júri do Festival Internacional de Banda Desenhada de Angoulême, prémio Fauve d'Or - Prémio de melhor álbum, por Pascal Brutal, número 3, Plus fort que les plus forts (Fluide Glacial).

Cinema[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Site dos Globes de cristal Ler online

Ligações externas[editar | editar código-fonte]