Ricardo Graça Mello

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo.
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Editor: considere colocar o mês e o ano da marcação. Isso pode ser feito automaticamente, substituindo esta predefinição por {{subst:rec}}

Ricardo Pêra Graça Mello (Cidade do Rio de Janeiro, 07 de Agosto de 1961) é um cantor e ator brasileiro.

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Filho da atriz Marília Pêra e do músico Paulo Graça Mello. Ficou órfão de pai aos 8 anos de idade, o que o fez sofrer. É neto dos atores Manuel Pêra e Dinorah Marzullo, bisneto da atriz Antonia Marzullo, sobrinho da atriz Sandra Pêra e meio-irmão das atrizes Esperança Pêra Motta e Nina.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Estreou aos 6 anos de idade em uma novela na Tupi e aos 17 anos, entrou para a banda Mistura Fina, formada por Nelson Motta, tocando ao lado de Lulu Santos, Liminha, e Arnaldo Brandão.

Em 1982 foi o Pepeu, no filme Menino do Rio do diretor Bruno Barreto. Neste famoso filme dos anos 80, muitos atores apareceram tais como os personagens principais Patrícia e Valente representados por Cláudia Magno e André di Biasi. Também neste filme aparecem Claudia Ohana, como Soninha namorada de Pepeu, Sergio Malandro e Evandro Mesquita. Em 1982 participou do especial Pirlimpimpim, que interpretou "pedrinho". Em 2003 atuou na comédia teatral A Saga da Sra, Café. No ano seguinte protagonizou a peça O Jogo, onde interpretou seis personagens distintos, com direção de Tina Ferreira (filha de Bibi Ferreira). Em 2005 entrou no elenco do programa humorístico Zorra Total. Também gravou o DVD PLOC´S 80, ao lado de Rosana, Eduardo Dusek, Inimigos do Rei, Silvinho Blau-Blau, acompanhados da Banda Perdidos na Selva. Em 2006 fez parte do Bando da Lua no musical Carmen Miranda, dirigido por Maurício Sherman. Fez participações no Zorra Total e shows. Em 2007 participou do Musical Infantil Um Lobo Nada Mau, direção de Marília Pêra. Depois fez o musical Noé Noé, dirigido por Ivaldo Bertazzo. Seguiu em 2009 com a peça infantil Um Lobo Nada Mau e com o show Carmen Miranda em Bossa Nova. Atualmente, 2012, faz parte do elenco do Zorra Total.[1]

Notas e Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.