Ricardo Petraglia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde junho de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Ricardo Petraglia (Paraná, 7 de outubro de 1950) é um ator e cantor brasileiro.

Nos Anos 70, iniciou sua carreira artística gravando pela FERMATA no ano de 1971, um compacto com as influências da psicodelia da época, a música Bate que eu Gamo, fez muito sucesso na época. Na banda paulistana O Sindicato gravou o compacto simples pela BINN, com as músicas Bananas e A Morte. Após esta fase participou de outra banda do cenário paulistano, o Joelho de Porco[1] .