Riccardo Riccò

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Riccardo Riccò

Riccardo Riccò (Sassuolo, 1 de Setembro de 1983) é um ciclista profissional italiano. Pertence à equipa da Saunier Duval-Prodir, equipa que deposita nele muita esperança,pois acredita que ele será um futuro nº1 mundial.

É um trepador nato e muito combativo,que em 2005 foi campeão italiano de sub-23.

Em 2006 não foram muitos os êxitos, ganhou a Japan-Cup e a 5ª etapa da Settimana Ciclistica Internazionale Coppi e Bartali. Nesse ano participou no Tour de France, mas ficou num modesto 98º lugar.

Em 2007 ganhou a 3ª e 4ª etapa do Tirreno Adriatico com grande classe, tendo mesmo deixado Vinokourov para trás. Apesar das duas etapas conquistadas Riccò acabou o Tirreno Adriatico em 13º lugar na geral. Ganhou também uma etapa que já tinha ganho em 2006, a 5ª etapa da Settimana Ciclistica Internazionale Coppi e Bartali.

Participou também em 2007 na 90ª edição do Giro d'Italia. Foi com a função de ajudar Gilberto Simoni, o líder da equipa, mas numa fuga a 99 km para a meta com o seu companheiro Leonardo Piepoli, onde os dois acabaram isolados tendo assim ganho Riccò a 15ª etapa do Giro com final do mitico Tre Cime di Lavaredo.

Riccardo Riccò ficou em 6º na geral, a 7 minutos do vencedor Danilo Di Luca e no segundo posto da classificação da juventude a 5'05m de Andy Schleck (segundo classificado na geral individual).

Ícone de esboço Este artigo sobre ciclismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.