Riccardo Schicchi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Riccardo Nicolò Schicchi, mais conhecido como Riccardo Schicchi (Augusta, 14 de março de 1953-Roma, 9 de dezembro de 2012[1] ) é um fotógrafo, cineasta e empresário da indústria pornográfica italiano.

Tornou-se famoso pelas suas produções de filmes com Ilona Staller e Moana Pozzi na década de 1980. Em 2006, ele foi condenado a 6 anos de prisão por violar a legislação italiana em matéria de imigração e prostituição, em relação as atividades com sua esposa Eva Henger (com quem tem duas filhas), em sua agência de Diva Futura.

Morreu em Roma, aos 60 anos, de complicações causadas pelo diabetes mellitus tipo 2.[1]

Referências

  1. a b Riccardi, Katia (9 de dezembro de 2012). Morto Schicchi, re dell'hard italiano portò al successo Moana e la Staller (em italiano). La Reppublica. Página visitada em 09/12/2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre pornografia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.