Richard II, Part I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Richard the Second Part One e Thomas of Woodstock são dois títulos comuns a um mesmo manuscrito intitulado, anônimo e incompleto de uma peça isabelina que descreve eventos no reino de Ricardo II de Inglaterra.

Sua reivindicação principal à fama é uma sugestão apoiada por alguns eruditos que seu autor é William Shakespeare, e, com isso, é frequentemente incluída dentro da lista de textos apócrifos de Shakespeare. A peça é mencionada freqüentemente como uma influência provável para Ricardo II, de Shakespeare, assim como possivelmente também para a peça Henrique IV, Parte 1 1 .

Texto e origens[editar | editar código-fonte]

A peça sobrevive hoje apenas como um manuscrito intitulado, anônimo e incompleto armazenado então na coleção de manuscritos da Egerton (a Egerton Manuscript Collection), na Livraria Britânica. O documento é uma das quinze peças incluídas na coleção descoberta por James Orchard Halliwell-Phillipps, que também descobriu Edmund Ironside, outra peça cuja autoria é atribuída, por apenas alguns eruditos, a William Shakespeare 2 .

Referências

  1. The Riverside Shakespeare at 842, 2000 (2nd ed. 1997)
  2. Sams, Eric. (1986). Shakespeare's "Edmund Ironside": The Lost Play. Wildwood Ho. ISBN 0-7045-0547-9



Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.