Richard Reitzenstein

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Richard August Reitzenstein (Wrocław, 2 de abril de 1861Göttingen, 23 de março de 1931) foi um filologista clássico e um estudioso da antiga religião grega, do hermetismo e do gnosticismo alemão. Ele foi descrito por Kurt Rudolph como "um dos mais estimulantes acadêmicos gnósticos"[1] . Com Wilhelm Bousset, ele foi uma das maiores figuras da Religionsgeschichtliche Schule ("Escola da História das Religiões")[2] .

Sua "Poimandres: Studien zur Griechisch-Ägyptischen und frühchristlichen Literatur", de 1904, foi um estudo acadêmico pioneiro das Poimandres, que ele comparou ao Pastor de Hermas[3] .

Em colaboração com o egiptologista Wilhelm Spiegelberg, Richard August Reitzenstein também fundou uma famosa coleção de papiros gregos e egípcios, comprados durante uma expedição ao Egito em 1898-9[4] .

Obras selecionadas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Festschrift Richard Reitzenstein [pp.160-168: Richard Reitzensteins Schriften] (1931)
  • Anthony Grafton (1990), Forgers and critics: creativity and duplicity in western scholarship ISBN 0-691-05544-0, Ch. 3
  • S. Marchand, From liberalism to neoromanticism : Albrecht Dieterich, Richard Reitzenstein, and the religious turn in fin-de-siècle German classical studies, in : Out of Arcadia : classics and politics in Germany in the age of Burckhardt, Nietzsche and Wilamowitz, ed. by I. Gildenhard and M. Ruehl, London, 2003, pp. 129–160

Referências

  1. Gnosis: The Nature and History of Gnosticism p.32.
  2. [1]. See also Karen Leigh King, What is Gnosticism?.
  3. Pagan Regeneration: Chapter VIII: The New Birth Experience in Hermeticism
  4. Fr. COLIN, « Comment la création d’une ‘bibliothèque de papyrus’ à Strasbourg compensa la perte des manuscrits précieux brûlés dans le siège de 1870 », La revue de la BNU, 2, 2010, p. 24-47.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]