Richard Roxburgh

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Richard Roxburgh
Richard Roxburgh
Outros nomes Rox
Nascimento 01 de Janeiro de 1962 (52 anos)
Albury, New South Wales
 Austrália
Ocupação Ator
Cônjuge Silvia Colloca ( 25 de setembro de 2004 - presente)
IMDb: (inglês) (português)

Richard Roxburgh (Albury, New South Wales, 01 de janeiro de 1962) é um ator Australiano que estrelou muitos filmes australianos e fez alguns papéis importantes em produções de Hollywood na maioria das vezes como vilão, como nos filmes Van Helsing e Moulin Rouge.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu caçula de seis irmãos na Austrália, seu interesse em atuar não foi despertado até que ele se tornou um pouco desiludido com o curso de Economia que fazia (seu pai era um contador de sucesso) na Australian National University (Universidade Nacional Australiana) em Camberra. Um interesse em atuar levou o jovem Roxburgh para se inscrever em 1986 na prestigiosa Sydney's National Institute of Dramatic Arts (Instituto Nacional de Sydney de Artes Dramáticas) onde se formou, mas não era uma carreira cinematográfica de sucesso a que ele aspirava, mas no Teatro. Ele ganhou uma reputação como um talentoso ator e diretor de palco capaz de fazer tanto trabalhos clássicos e contemporâneos, e logo encontrou sua estrela em ascensão na Europa também. O ator teve um papel de apoio no início da sua carreira feito para a TV no filme The Saint: Fear in Fun Park, que mostrou o ator de teatro iniciante que possui notável carisma na tela. Embora ele continuou a trabalhar no palco, Roxburgh também começou a fazer aparições em mini-série de televisão, e ficava cada vez mais confortável em frente das câmeras. Depois de mais papéis coadjuvantes em filmes como Billy's Holiday (1995) e Children of the Revolution (1996), Roxburgh conseguiu seu primeiro longa-metragem no país e com temática de faroeste no filme de estrada Doing Time de Patsy Cline (1997) um papel que rendeu a estrela em ascensão, um prêmio AFI (American Film Institute) de Melhor Ator em um papel principal. Nesse mesmo ano, ele encantou o público australiano na comédia romântica com Cate Blanchett, Thank God He Met Lizzie como um noivo relutante cujas fantasias sobre uma ex-namorada ameaçam azedar seu dia de casamento. Embora a exposição na tela de Roxburgh, a este ponto, havia sido limitada principalmente para o público europeu, tudo isso mudou no início de 2000. Escolhido como o vilão Hugh Stamp na sequência de alto nível: Missão Impossível 2 do Diretor John Woo, Roxburgh impressionou muito apesar de seu tempo limitado na tela. No ano seguinte, ele fez ainda mais impacto no público internacional graças a seu papel como o duque de Worcester no musical de enorme sucesso Moulin Rouge) do Diretor Baz Luhrmann. Depois Roxburgh interpretou o lendário detetive Sherlock Holmes em 2002, no filme O Cão dos Baskervilles a adaptação causou polêmica ao retratar Holmes como um viciado em drogas, e em 2003, ele se arrumam para combater o crime, mais uma vez na adaptação de quadrinhos A Liga Extraordinária atuou também como outro personagem famoso o Conde Drácula no filme Van Helsing (2004).


Filmografia Parcial[editar | editar código-fonte]