Richard Smalley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Richard Smalley Medalha Nobel
Química
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 6 de Junho de 1943
Local Akron
Morte 28 de Outubro de 2005 (62 anos)
Local Houston
Atividade
Campo(s) Química
Instituições Universidade Rice
Alma mater Universidade de Michigan, Universidade de Princeton
Prêmio(s) Nobel prize medal.svg Nobel de Química (1996), Medalha Franklin (1996), Medalha Glenn T. Seaborg (2002)

Richard Errett Smalley (Akron, Ohio, 6 de Junho de 1943Houston, 28 de Outubro de 2005) foi um químico estadunidense.

Vida[editar | editar código-fonte]

Smalley foi professor de física e astronomia na Universidade de Rice, em Houston, Texas. Foi o ganhador do Nobel de Química em 1996, pela descoberta de uma nova forma de carbono, buckminsterfullereno juntamente com o também professor de química da Rice Robert Curl, e com Harold Walter Kroto, professor na Universidade de Sussex.

Início de carreira[editar | editar código-fonte]

Smalley, o mais jovem de quatro irmãos, nasceu em Akron, Ohio e cresceu em Kansas City, Missouri.

Estudou no Hope College antes de se transferir para a Universidade de Michigan onde ele recebeu o grau de bacharel em ciências, em 1965. Entre seus estudos, ele trabalhou na indústria, onde desenvolveu seu estilo característico de administração. Ele recebeu seu Ph.D. da Universidade de Princeton em 1973. Completou sua tese de pós-doutorado na Universidade de Chicago, com Lennard Wharton e Donald Levy, onde ele foi um pioneiro no desenvolvimento da espectroscopia a laser de feixe supersônico.

Fulerenes e nanotecnologia[editar | editar código-fonte]

As pesquisas de Smalley na área de físico-química investigaram a formação de aglomerados de compostos inorgânicos e semicondutores usando a recém-criada técnica de ressonância íon-cíclotron espectrometria de massa. Como conseqüência deste conhecimento, Robert Curl apresentou-o a Harold Kroto, com a idéia de investigarem os constituintes da chamada matéria escura celeste. O resultado desta pesquisa foi a descoberta do C60, a terceira forma alotrópica do carbono.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Paul Crutzen, Mario Molina e Frank Sherwood Rowland
Nobel de Química
1996
com Robert Curl e Harold Kroto
Sucedido por
Paul Delos Boyer, John Ernest Walker e Jens Christian Skou
Precedido por
Gerardus 't Hooft
Medalha Franklin
1996
Sucedido por
Mario Capecchi


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.