Richie Havens

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Richie Havens
Richiehavens.jpg
Richie Havens em 2006
Informação geral
Nascimento 21 de janeiro de 1941
Origem Brooklyn, Nova Iorque
País Estados Unidos
Data de morte 22 de abril de 2013 (72 anos)
Local de morte Jersey City, Nova Jérsei
Gênero(s) Folk Rock
Instrumento(s) Guitarra
Período em atividade 1965 - 2013
Gravadora(s) Verve Records

Richie Havens (Brooklyn, 21 de janeiro de 1941Jersey City, 22 de abril de 2013)[1] foi um cantor americano de música folk.

Havens começou a ficar famoso com o surgimento do movimento folk de Greenwich Village (que também catapultou as carreiras de Joan Baez e Bob Dylan). Em 1969, Havens abriu o Festival de Woodstock; ele foi aclamado pela multidão e foi tocando até ficar sem músicas, decidindo improvisar uma versão de "Motherless Child", a qual ele acrescentou um verso com a palavra "freedom" repetida várias vezes. Esta versão transformaria-se em um sucesso internacional com o lançamento do documentário Woodstock em 1970.

Richie Havens no Festival de Woodstock, 1969

Havens tocou na cerimônia de posse do presidente americano Bill Clinton em 1993. Ele continuou gravando e viajando em turnês, embora raramente escrevesse suas próprias músicas, preferindo interpretar trabalhos de artistas como Dylan e Beatles.

Havens tinha uma técnica peculiar para tocar o violão que lhe dá um estilo único. Ele usava uma afinação em Ré que permitia que ele fizesse muitos acordes usando principalmente o dedo polegar, ao contrário das técnicas mais comuns de violão que priorizam o uso dos outros dedos sem usar o polegar.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Richie Havens