Richmond (North Yorkshire)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Richmond: vista do castelo

Richmond é uma cidade mercado e uma paróquia civil no rio Swale, em North Yorkshire, Inglaterra. É o centro administraivo de Richmondshire. Fica situada no extremo do Parque Nacional Yorkshire Dales, e é uma zona de turismo.[1]

O Rough Guide descreve a cidade como "uma verdadeira pedra preciosa" (an absolute gem)[2] Betty James escreveu que "sem dúvida, Richmond é o local mais romântico do nordeste (de Inglaterra)".[3] Joseph E. Morris concorda, embora vá mais longe ao dizer "Richmond é, sem qualquer dúvida, é o local mais romântico do norte de Inglaterra".[4]

História[editar | editar código-fonte]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Deve-se à cidade de Richemont na Normandia (actualmente no departamento Sena Marítimo), a origem do nome de Richmond. Esta Richmond foi o epónimo dos Duques de Richmond (ou Condes de Richemont), um título detido pelo Duque da Britânia de 1136 a 1399.

Origem[editar | editar código-fonte]

Richmond foi fundada em 1071[5] pelo bretão Alan Rufus, em terrenos doados por William, o Conquistador. O castelo de Richmond, terminado em 1086, consistiu num forte com paredes que abrangiam a área conhecida como o Mercado.

A ambiguidade constitucional dos Duques da Britânia como vassalos tanto de Valois (da Bretanha, França) e Plantagenet (de Richmond, Inglaterra), foi fonte de muita tensão entre os Bretões e os Ingleses do Norte, em particular durante a Guerra da Sucessão da Bretanha e da Guerra das Rosas.

Richmond acabou por ser pretendida por Francisco II, Duque da Bretanha até Henrique VII de Inglaterra, cujo bisneto Henrique Fitzroy, Duque de Richmond e Somerset, foi o primeiro duque de Richmond independente. A unificação de Richmondshire com o Principado de Gales e Reino da Inglaterra em Inglaterra e Gales fez parte do mesmo período tal como os Atos das Leis em Gales 1535-1542, em simultâneo com a união, em 1532, entre a Bretanha e a França, no reinado de Francisco II. Richmond foi agregada aos Welsh Marches desde o tempo de Esmé Stewart, 3º Duque de Lennox, e as relações da cidade com Mercia remontam ao tempo em que Edwin, Conde de Mercia, detinha a a velha mansão de Gilling West (um enclave dentro de Northumbria), que foi deslocada pelos bretões para Richmond. A Inclusão de Richmond no conjunto real político de Inglaterra teve a oposição dos cidadãos locais por mais de um século, através de várias rebeliões, confederações espanholas e missões Jesuítas, acabando num período de guerra civil. As figuras em destaque desta facção eram os Lordes de Baltimore, que se retiraram para a Irlanda e as colónias americanas pela sua paz de religião.

A prosperidade da cidade comercial e medieval, e centro, da indústria de de Swaledale aumentou no final dos séculos XVII e XVIII, com a florescente indústria de mineração de chumbo nas proximidades do vale Arkengarthdale

Vista panorâmica de Richmond falls, perto do centro da cidade.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Encyclopædia Britannica Online
  2. The Rough Guide to Britain ISBN 9781843533016
  3. A kingdom by the sea : an exploration of Northumberland, Durham and the North Riding of Yorkshire, James, Betty. pág. 150
  4. The North Riding of Yorkshire Morris', Joseph E. (Joseph Ernest) pág. 300
  5. (em inglês) História de Richmond
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Reino Unido é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.