Rifte Africano Oriental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa da África Oriental com alguns dos vulcões ativos em período histórico (triângulos vermelhos) e o Triângulo de Afar (sombreado, no centro), que é uma tripla junção (triplo ponto) onde três placas convergem: a placa arábica e duas partes da placa africana: a placa núbia e a placa somali, definindo o Rifte Africano Oriental.

O Rifte Africano Oriental é um rifte na África Oriental, desenvolvendo-se desdo o Miocénico há 22-25 milhões de anos.[1] Antigamente era considerado como fazendo parte do maior Vale do Rift que se estende até à Ásia Menor.

O rifte é uma estreita zona de divergência de placas tectónicas, na qual a placa africana está em processo de divisão em duas, designadas placa somali e placa núbia, a um ritmo de cerca de 6–7 mm por ano.[2]

Referências

  1. Ebinger, C.J.. (2005). "Continental break-up: the East African perspective.". Astro. Geophys. 46: 216–21.
  2. (2004) "Angular velocities of Nubia and Somalia from continuous GPS data: implications on present-day relative kinematics.". Earth Planet. Sci. Lett. 222: 197–208.