Right Round

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A página está num processo de expansão ou reestruturação.
Esta página está a atravessar um processo de expansão ou reestruturação. A informação presente poderá mudar rapidamente, podendo conter erros que estão a ser corrigidos. Todos estão convidados a dar o seu contributo e a editar esta página. Caso esta não tenha sido editada durante vários dias, retire esta marcação.

Esta página foi editada pela última vez por Fabsouza1 (D C) 7 meses atrás. (Recarregar)

Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde março de 2012).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
"Right Round"
Single de Flo Rida com participação de Kesha
do álbum R.O.O.T.S.
Lado B "Shone"
Lançamento 27 de janeiro de 2009 (2009-01-27)
Formato(s) Download digital, disco de vinil,CD single
Gravação 2008;
Conway Recording Studios,
Atlantic Studios
(Hollywood, Califórnia)
Gênero(s) Hip house, rap, electropop
Duração 3:27
Gravadora(s) Poe Boy, Atlantic
Composição Tramar Dillard, Lukasz Gottwald, Allan Grigg, Justin Franks, Philip Lawrence, Bruno Mars, Pete Burns, Stephen Coy, Michael Percy, Timothy Lever
Produção Dr. Luke, Kool Kojak
Cronologia de singles de Flo Rida
Último
Último
"Running Back"
(2008)
"Feel It"
(2009)
Próximo
Próximo
Cronologia de singles de Kesha
Último
Último
"Tik Tok"
Próximo
Próximo

"Right Round" é uma canção do rapper estadunidense Flo Rida, contida em seu segundo álbum de estúdio R.O.O.T.S. (2009). Conta com a participação da cantora compatriota Kesha. Foi composta por Flo Rida juntamente com Justin Franks, Philip Lawrence, Bruno Mars, Pete Burns, Stephen Coy, Michael Percy, Timothy Lever, Dr. Luke e Kool Kojak, sendo produzida pelos dois últimos. A faixa foi lançada como primeiro single do disco em 27 de janeiro de 2009. Liricamente, trata-se sobre apaixonar-se por uma mulher em um clube de striptease, enquanto incorpora o refrão de "You Spin Me Round (Like a Record)", canção de 1984 da banda britânica Dead or Alive em sua melodia. De acordo com Mars, as letras do refrão fazem referências à pratica do sexo oral.

A canção recebeu revisões geralmente negativas da mídia especializada, que alegaram ser kitsch e misógino. Entretanto, obteve êxito comercial nas tabelas musicais, liderando as da Austrália, do Canadá, dos Estados Unidos, da Irlanda e do Reino Unido. Também listou-se entre as cinco primeiras na Alemanha, na Áustria, na Dinamarca, na Eslováquia, na França, na Noruega, na Nova Zelândia, nos Países Baixos, na Suécia e na Suíça. "Right Round" quebrou o recorde de faixa mais vendida em uma única semana em território estadunidense. Seu vídeo musical acompanhante foi dirigido por Malcolm Jones e indicado aos MTV Video Music Awards de 2009 na categoria de Best Hip-Hop Video. A participante Kesha foi convidada para aparecer na produção, porém, recusou por querer ser reconhecida pelo seu próprio trabalho.

Antecedentes e gravação[editar | editar código-fonte]

A inclusão de Kesha foi sugestão do produtor Dr. Luke, conforme a decisão do rapper de adicionar um vocal feminino na faixa.

A canção foi composta por Flo Rida, Lukasz Gottwald, Allan Grigg, Justin Franks, Philip Lawrence, Bruno Mars, Aaron Bay-Schuck, Pete Burns, Steve Coy, Mike Percy e Tim Lever7, sendo produzida por Dr. Luke e Koool Kojak. Também conta com a participação da cantora estadunidense Kesha.[1] No final de 2008, o rapper e Gottwald estavam trabalhando em uma faixa chamada "Right Round" e os dois decidiram que precisavam de um verso feminino, então, o produtor convocou Kesha para gravar os vocais necessários.[2] De acordo com o cantor, a música é sobre "uma jovem moça, ela talvez esteja em um clube de striptease e ela faz minha cabeça girar, [...] Ou qualquer mulher que vejo andando na rua e ganhe minha atenção. (...) Eu estou ficando louco por ela."[3]

O single contém demonstrações de "You Spin Me Round (Like a Record)" (1984) da banda Dead or Alive. Flo Rida explicou que cresceu ouvindo esta e outras gravações semelhantes como resultado dos variados gêneros musicais que suas sete irmãs escutavam. No entanto, foi seu A&R Aaron Bay-Schuck que surgiu com a ideia originalmente.[4] Ele contou à HitQuarters, que havia ouvido as batidas produzidas pelo DJ Frank E em CD de ritmos acelerados, mas que continuava escutando a melodia da composição de Dead or Alive sobre as obras do DJ em sua cabeça.[4]

Sendo R.O.O.T.S. seu segundo álbum de estúdio, Flo Rida queria mostrar sua evolução musical, "ampliando seus horizontes", decidindo então gravar "Right Round".[5] As gravações de "Right Round" decorreram nos Conway Recording Studios e Atlantic Studios, em Hollywood, Califórnia, após Luke produzir a demonstração.[6] [1]

Composição[editar | editar código-fonte]

Musicalmente, é uma canção de gênero southern hip hop,[7] que contém os recorrentes temas de pop rap trabalhados por Flo Rida.[8] O crítico David Jeffries, do portal Allmusic, notou semelhanças entre esta faixa e "Low" (2007), denominando-a como a "aparente herdeira" do single de estreia do cantor.[9] Leah Greenblatt, da revista, Entertainment Weekly, chamou a composição de "arrogante" e observou o "pesado" uso do baixo.[10] As letras são sobre estar com os amigos em um clube de striptease e jogar dinheiro para uma mulher que está executando sua performance. Adicionalmente, as linhas do refrão: "Você faz minha cabeça girar, girar / Quando você desce, quando você desce, desce",[nota 1] podem ser interpretadas como uma referência à felação.[11] O co-compositor, Bruno Mars, confirmou, em entrevista à Entertainment Weekly, que o verso fazia alusão à pratica do sexo oral.[12] A temática sexual da obra foi comparadas às de "If U Seek Amy" (2009), de Britney Spears.[13]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

O clipe foi filmado em Miami com o diretor Malcolm Jones e foi lançado como parte da promoção de "Countdown to R.O.O.T.S." (Contagem regressiva para R.O.O.T.S.) pelo iTunes em 10 de Março de 2009.

Desempenho nas paradas musicais[editar | editar código-fonte]

A subida de Right Round de 58-1 nos Estados Unidos em 18 de Fevereiro de 2009 - vendendo 663.000 em donwloads digitais -, sua permanência na primeira posição por cinco semanas, e a estreia em primeiro lugar na parada mundial com 383.000 pontos (permanecendo lá por cinco semanas também), mostram que a canção deve ser um dos hits de 2009. É a segunda canção de Flo Rida no topo da Billboard e a primeira no topo do mundo.
Canadá, Austrália, Irlanda, Reino Unido e Turquia são os outros lugares onde a canção chegou ao pico, tendo ficado por 9, 7 e 3 semanas em #1 nestes três primeiros e tendo estreado nestes dois últimos no número 1.

Posições[editar | editar código-fonte]

Trajetórias[editar | editar código-fonte]

Estados Unidos - Billboard Hot 100
Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12
Posição 74 58 1 1 1 1 1 1 2 3 3 3
Austrália - Parada de Singles
Semana 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Posição 1 1 1 1 2 1 2 1 1 3
Brasil - TOP 40 School Preference
Semana 1 2 3
Posição 12 10 22

Mundo - United World Chart[editar | editar código-fonte]

Histórico Mundial
Semana Posição Pontos Total
1 1 383.000 383.000
2 1 346.000 729.000
3 1 328.000 1.057.000
4 1 411.000 1.468.000
5 1 404.000 1.872.000
6 2 373.000 2.245.000
7 2 376.000 2.621.000
8 3 347.000 2.968.000
9 2 346.000 3.314.000
10 2 300.000 3.614.000

Vendas e certificações[editar | editar código-fonte]

País Certificação Vendas
Austrália Platinum.png Platina[36] 70,000+
Dinamarca Gold.png Ouro 4,000+
Nova Zelândia Gold.png Ouro[37] 7,500+
Estados Unidos Quadruple Platinum.png 4× Platina[38] 4,000,000+

Histórico de Lançamento[editar | editar código-fonte]

Região Data Gravadora Formato
Estados Unidos 25 de Janeiro de 2009 Poe Boy, Atlantic Records Rádio
10 de Fevereiro de 2009 Download Digital
Reino Unido 1 de Março de 2009 Atlantic Records
23 de Março de 2009 CD Single

Notas

  1. No original: "You spin my head right round, right round / When you go down, when you go down, down".

Referências

  1. a b (2009) Créditos do álbum R.O.O.T.S. por Flo Rida. Poe Boy Entertainment, Atlantic Records.
  2. Bill Werde (19 de fevereiro de 2010). Ke$ha: The Billboard Cover Story. Billboard. Página visitada em 6 de dezembro de 2012.
  3. Reid, Shaheem (20 de fevereiro de 2009). Flo Rida Talks About Record-Breaking Single 'Right Round'. MTV. MTV Networks. Página visitada em 6 de dezembro de 2012.
  4. a b Interview with Aaron Bay-Schuck. HitQuarters (13 de dezembro de 2010). Página visitada em 6 de dezembro de 2012.
  5. Cook, Shanon (8 de abril de 2009). Flo Rida answers the call. CNN. Turner Broadcasting System, Inc. Página visitada em 6 de dezembro de 2012.
  6. Concepcion, Mariel (6 de março de 2009). Listen To Flo Rida's Sweet New Single. Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Página visitada em 6 de dezembro de 2012.
  7. Wood, Mikael (11 de abril de 2009). R.O.O.T.S.. Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Página visitada em 9 de dezembro de 2012.
  8. Right Round > Overview. Allmusic. Rovi Corporation. Página visitada em 9 de dezembro de 2012.
  9. Jeffries, David. R.O.O.T.S. (Route of Overcoming the Struggle) > Review. Allmusic. Rovi Corporation. Página visitada em 9 de dezembro de 2012.
  10. Greenblatt, Leah (1 de abril de 2009). R.O.O.T.S. (2009). Entertainment Weekly. Página visitada em 9 de dezembro de 2012.
  11. Kaufman, Gil (8 de abril de 2009). Will 'American Idol' Censor Flo Rida's Performance?. MTV. MTV Networks. Página visitada em 9 de dezembro de 2012.
  12. Brad, Wete (13 de abril de 2010). So who is Bruno Mars? A Q&A with the guy behind B.O.B's smash 'Nothin' On You'. Entertainment Weekly. Página visitada em 9 de dezembro de 2012.
  13. Lamb, Bill. Flo Rida - Right Round - Review of the single Right Round from Flo Rida's album R.O.O.T.S.. About.com. The New York Times Company. Página visitada em 9 de dezembro de 2012.
  14. [1].
  15. a b c d e f g h i Posições de "Flo Rida - Right Round" em vários países acharts. Página visitada em 5 de Março de 2009.
  16. [2].
  17. [3].
  18. [4].
  19. [5].
  20. [6].
  21. [7].
  22. [8].
  23. [9].
  24. [10].
  25. [11].
  26. [12].
  27. [13].
  28. [14].
  29. [15].
  30. [16].
  31. [17].
  32. [18].
  33. [19].
  34. [20].
  35. [21].
  36. [22].
  37. [23].
  38. [24].