Rinaldo Viana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rinaldo Viana
Rinaldo Viana, em apresentação na Avenida Paulista em 24 de dezembro de 2008
Informação geral
Nome completo Rinaldo Eliseu Peixoto Viana da Silva
Também conhecido(a) como Rinaldo
Local de nascimento -
 Brasil
Gênero(s) Música Clássica
Instrumento(s) vocal
Período em atividade 2001-presente
Outras ocupações compositor e ator
Gravadora(s) Warner Music
Afiliação(ões) Liriel Domiciano
Página oficial Site Oficial

Rinaldo Viana nome artístico de Rinaldo Eliseu Peixoto Viana da Silva, é um cantor tenor, ator e compositor brasileiro. Começou a carreira no ano 2001, como participante do Programa de calouros apresentado por Raul Gil, exibida pela Rede Record, sendo o vencedor da competição.[1] Foi membro da dupla "Rinaldo & Liriel", junto com Liriel Domiciano, gravaram 2 álbum pela gravadora Warner Music, vendendo mais de 1 milhão de discos.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

História[editar | editar código-fonte]

Rinaldo Viana, veio de uma família humilde da periferia de São Paulo. Desde criança demonstrava interesse pela música. Fã do classic rock, ele somente descobriu a música lírica aos 16 anos e para ajudar o sustento da família, trabalhou como mecânico no SENAI e também foi vendedor de um consórcio.[3]

Em 2001, aos 21 anos[4] , Rinaldo participou do tradicional show de calouros do apresentador Raul Gil, onde venceu todas as etapas da competição, com seu talento, simplicidade e seu poder de interpretação. Rinaldo se espelhou no cantor Luciano Pavarotti para iniciar sua carreira lírica e interpretar temas da música popular com uma fascinante singularidade.[5]

Numa parceria, gravou com a soprano Liriel Domiciano, o CD “Romance”, que alcançou mais de 600 mil cópias vendidas. Em 2002, mais 400 mil cópias do álbum “Tempo de Amar”, também com Liriel. E juntos ainda gravaram um DVD no Credicard Hall, com apresentações na Itália.[6] Em meados de 2004, lançou o primeiro CD solo, “Amor em 5 idiomas”, onde com muita versatilidade interpretou grandes nomes da música mundial.[7]

Durante seis meses, também integrou o elenco do espetáculo “O Fantasma da Ópera”, apresentado no Teatro Abril. O próximo trabalho do tenor ele deverá resgatar clássicos da música popular brasileira, como “Mia Gioconda”, de Vicente Celestino e “Brigas”, de Evaldo Gouveia e Jair Amorim.[8]

Rinaldo atualmente desenvolve o projeto “Tenor nas Escolas”, cujo objetivo é divulgar música lírica para crianças, além de demonstrar a música popular com entonação lírica, baseado nos trabalhos de Andrea Bocelli e Luciano Pavarotti.[9] [10]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

DVD's[editar | editar código-fonte]

  • "Ao Vivo - Especial" (2002)

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Referências