Rinconete y Cortadillo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Rinconete y Cortadillo (ou Novela de Rinconete y Cortadillo[1] ), obra de Miguel de Cervantes, é uma das narrações breves incluídas nas Novelas exemplares.

É um retrato picaresco da atividade de delinquentes da época do autor. Contudo, como argumenta Carlos Blanco Aguinaga em um de seus ensaios críticos, esta novela de Cervantes não é propriamente picaresca, pois transcende os pressupostos que este gênero literário possuía, e projeta suas personanges em uma profundidade muito característica, distante de outras criações parecidas, como La vida del Buscón ou o Lazarillo de Tormes.

Traduções em português[editar | editar código-fonte]

  • Miguel de Cervantes. "Riconete e Cortadilho". In Novelas exemplares. Tradução de Darly Nicolana Scornsienchi. São Paulo: Abril Cultural, 1970. p.225.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.